Início Notícias Têxtil

Estreias na Texworld

O calendário deu uma ajuda à próxima edição da feira de tecidos organizada pela Messe Frankfurt, com as celebrações do Ano Novo Chinês a não coincidirem, desta vez, com o certame parisiense. A China continua, por isso, a liderar como país de origem dos novos expositores – que nesta edição são 70 – seguida da Turquia e da Coreia do Sul. A Índia surge no quarto lugar e, nesta edição, ganha um reforço, com a presença do Texprocil, o Conselho de Promoção de Exportação de Tecidos de Algodão da Índia, com quase 35 expositores. No entanto, a Turquia continua a ser a segunda na lista das principais nacionalidades representadas em número de expositores (atrás da China). Portugal tem também uma estreia nesta edição da Texworld, a Paulo Araújo Lda., especialista em acessórios de moda, que conta ainda com a companhia da também portuguesa PTA. Para além da oferta dos expositores presentes, a feira irá albergar o Frankfurt Style Awards, um concurso reputado nos países de língua alemã, que promove jovens criadores desde 2007. Os milhares de visitantes esperados (em conjunto com a Apparelsourcing, a feira de sourcing que se realiza em paralelo, a Texworld recebeu, em setembro de 2014, mais de 15 mil profissionais) poderão ficar a conhecer as tendências para a primavera-verão 2016, que nesta estação assumem o tema “Presence”. «Estar 100% presente, à medida que a realidade nos escapa pelos dedos, representando a ampulheta das nossas esperanças, dando espaço ao reino do hipotético. As circunstâncias tornaram-se o único ponto de referência tangível, um marco eterno. Estamos por fim a experienciar a nossa era. Ser substituiu o futuro. Estamos numa era de complete consciência», resumem Louis Gérin e Grégory Lamaud, os diretores artísticos da Texworld, em relação à sua interpretação do conceito para a estação quente do próximo ano. Tons suaves criam paletas irresistíveis para celebrar a estação. Uma vibração urbana faz eco do trabalho de artistas como o sul-coreano Do-ho Suh, intitulado “Espaço Tangível”, na qual as estruturas combinam linhas transluzentes que evocam uma presença pacífica mas mantendo o contexto. Entre as cores selecionadas, os diretores artísticos acreditam que o Ersatz Essentiel, um verde pradaria rico, e o Astre Factice, um tom de amarelo com um brilho subtil, quase pastel, irão pintar a primavera-verão de 2016.