Início Arquivo

EUA contribui para crescimento da Adidas

A empresa alemã de artigos desportivos, Adidas-Salomon AG confirmou os seus ambiciosos objectivos para 2001. Nos primeiros nove meses do corrente ano fiscal, a empresa viu o seu lucro aumentar 6%, fixando-se nos 4.7 biliões de euros. Surpreendentemente, as vendas na América tiveram um desenvolvimento positivo no terceiro trimestre, tendo pela primeira vez um aumento em em dois anos e meio. Apesar da difícil situação económica e dos ataques terroristas nos Estados Unidos em Setembro, até ao final do ano, a Adidas ainda conta ter um volume de negócios de 5% e um lucro de 15% superiores ao ano passado. Nos primeiros nove meses de 2001, o calçado desportivo apresentou um aumento de 6% para 2.1 biliões de euros, a roupa desportiva aumentou cerca de 3%, para 1.7 biliões de euros e o equipamento teve uma subida de 15%, para 856 milhões de euros. No terceiro trimestre, todas as marcas da Adidas continuaram a mostrar um desenvolvimento positivo, adiantou Herbert Hainer, director geral da Adidas. A marca desportiva teve um aumentou de 4% no seu volume de negócios, para 1.4 biliões de euros e também a Salomon teve um aumento de 13% para 113 milhões de euros. Nos Estados Unidos as vendas do terceiro trimestre subiram cerca de 1%, 536 milhões de euros. Já na Europa, as vendas tiveram um aumento de 8% para 933 milhões de euros e na Ásia de 17%, para 265 milhões de euros.