Início Arquivo

Europa é a “vaca gorda” da Esprit

A Esprit, empresa sediada em Hong-Kong, , viu os seus lucros aumentarem rapidamente no semestre que terminou a 31 de Dezembro de 2001. Os lucros líquidos cresceram cerca de 41%, atingindo os 56,9 milhões de euros. O volume de vendas subiu para 679 milhões, um aumento de 16% em relação ao ano anterior. O mercado europeu, que representa aproximadamente 70% do volume total de vendas da empresa, continua a ser o maior motor de crescimento da Esprit. De acordo com Krogner, as 120 lojas da Europa cresceram 13%, com excepção do mercado britânico. Durante estes últimos dois meses a performance das vendas recuperou ligeiramente no Reino Unido. “Nós ainda não estamos satisfeitos com a nossa performance na Grã Bretanha e eu não vou investir mais dinheiro no Reino Unido enquanto não estivermos familiarizados o suficiente com o comportamento do consumidor britânico”, afirmou Krogner. As encomendas diminuíram ligeiramente. “Contudo, as encomendas entre Fevereiro e Maio, aumentaram cerca de 20 a 25%”, de acordo com Krogner. O volume de vendas na região da Ásia-Pacifico foi estável devido à queda nos gastos do consumidor, adiantou a empresa.