Início Arquivo

Exportações italianas para os EUA abrandam

Nos cinco meses até 30 de Maio de 2002, as exportações italianas de artigos de moda para os Estados Unidos desceram cerca de 16,3 por cento para 1,49 mil milhões de euros, de acordo com um relatório divulgado pelo Instituto Nacional para o Comércio Externo (ICE). Enquanto as exportações de vestuário, têxteis, artigos de pele e calçado sofreram uma abrandamento, as exportações de tecidos de algodão, têxteis-lar em linho e materiais especiais como tapeçaria, rendas e bordados registou um aumento durante o mesmo período e juntos registaram vendas de 88 milhões de euros. Em 2001, o total de exportações de artigos de moda para os Estados unidos totalizaram 4,2 mil milhões de euros, ou seja, uma queda de 2,4 por cento em comparação com o ano 2000. Actualmente, o vestuário feito em Itália representa 4,3 por cento do total de artigos de vestuário importados pelos Estados Unidos.