Início Arquivo

Exportações não recuperam

A Balança Comercial da ITV acumulou um superavite de 330 milhões de euros nos primeiros quatro meses de 2005, segundo as estatísticas do Observatório Têxtil do CENESTAP, representando uma deterioração de 30,7% face ao período homólogo. Este comportamento resultou de um crescimento bastante mais expressivo no valor das entradas do que das saídas de produtos desta indústria.

Com efeito, de acordo com as referidas estimativas, as exportações da ITV ascenderam a 1.375 milhões de euros correspondendo a uma redução de 12,7% face aos primeiros quatro meses de 2004. A redução das vendas ao exterior foi mais acentuada no sector do vestuário do que no sector têxtil. Entre Janeiro e Abril as exportações acumuladas do sector têxtil foram inferiores em 9,5% às realizadas no mesmo período no ano transacto, enquanto que no vestuário esse valor ascendeu a 14,5%.

Relativamente às importações, as estimativas do Observatório Têxtil do CENESTAP apontam para um volume de 1.045 milhões de euros, menos 4,9% que no mesmo período do ano transacto. Para este resultado contribuiu significativamente o sector têxtil uma vez que as compras efectuadas no exterior deste sector caíram 11,2% nos primeiros quatro meses de 2005. As entradas de vestuário, por outro lado, mantiveram-se dinâmicas tendo crescido 4,6%.

As variações descritas acentuaram a redução do peso da ITV no comércio internacional de bens e serviços. Efectivamente, as exportações desta indústria representaram 13,5% das exportações totais nacionais enquanto que as importações equivaleram a 6,4%.