Início Notícias Têxtil

Facol investe 6 milhões em Famalicão

Fundada em 1977, em Serzedelo, a Facol - Faria & Coelho iniciou em 2015 o processo de criação de uma nova unidade em Pedome, com a aquisição e reabilitação de uma unidade industrial. A Facol concluiu, entretanto, a transferência de todo o processo produtivo, num investimento que excede os 6 milhões de euros.

Também no âmbito desta deslocalização, a Facol, que se dedica ao tingimento, branqueamento e comercialização de fios tingidos, colocou recentemente em curso a ampliação das instalações para receber os escritórios e outros serviços da empresa, num investimento adicional de 400 mil euros que, à semelhança do anterior, foi reconhecido pela câmara municipal de Vila Nova de Famalicão como de interesse municipal.

O novo projeto de investimento da Facol, que faturou 5 milhões de euros no ano passado, vai criar 15 postos de trabalho adicionais, passando a empresa a empregar 95 funcionários em Pedome.

O executivo camarário reconheceu, na última reunião, a 7 de dezembro, a importância do crescimento da empresa para o município e declarou, por unanimidade, o interesse público do projeto através da sua classificação como projeto Made 2 IN.

Com este enquadramento, a Facol vai beneficiar da redução de 50% do valor das taxas municipais de licenciamento das operações urbanísticas e de um apoio procedimental extraordinário, traduzido no acompanhamento por um gestor de projeto.

Para favorecer destes incentivos, previstos no Regulamento de Projetos de Investimento de Interesse Municipal, a Facol aceita o acompanhamento e a fiscalização do projeto por parte de técnicos municipais que vão observar pela boa execução e cumprimento das obrigações acordadas, através de visitas presenciais, verificação documental e realização de auditorias técnico-financeiras.

«Para a câmara municipal, os novos investimentos empresariais em Vila Nova de Famalicão são sempre importantes e merecedores da maior atenção por parte da autarquia e a sua inclusão no Regulamento de Projetos de Investimento de Interesse Municipal é uma garantia da sua boa execução, mediante as obrigações que são estipuladas nos protocolos celebrados neste âmbito entre a autarquia e as empresas», sublinhou o presidente Paulo Cunha, que destacou o número de postos de trabalho criados como um dos fatores de maior peso para a concessão dos benefícios previstos no regulamento.

Recorde-se que, ao abrigo desta ferramenta, a câmara municipal de Vila Nova de Famalicão já garantiu, desde 2015, mais de 100 milhões de euros de iniciativa empresarial no concelho, a que está diretamente associada a criação de mais de 1.000 novos empregos.