Início Notícias Marcas

Fado dá música à The Perfect Stampa

A marca de moda feminina inspirada no património nacional lançou uma nova coleção que tem como tema, para além do próprio nome, o fado. Desta vez, os estampados pelos quais é conhecida a The Perfect Stampa «revelam a alegria e irreverência da cultura lusitana».

[©The Perfect Stampa]

Como as criadoras tinham já desvendado ao Portugal Têxtil em setembro de 2019, a nova coleção da The Perfect Stampa tem como mote o Fado e os sentimentos a ele associados. «A melancolia que habitualmente o caracteriza é contrariada em peças que revelam a alegria e irreverência da cultura lusitana, permitindo que os modelos transpareçam subtilmente a dualidade entre tradição e modernidade», explica a marca em comunicado.

A mais recente coleção apresenta três estampados alusivos às guitarras portuguesas, à fadista Amália Rodrigues e também às figuras de filigrana, todos elementos simbólicos que caracterizam o «paraíso à beira mar plantado».

Saias, calções, t-shirts e vestidos, que a The Perfect Stampa assume como «românticos» e «versáteis», são algumas das peças produzidas em Portugal que fazem parte da “Fado”, que surge após a “Tejo Collection”, primeira coleção da marca, que retratou nos estampados, elemento diferenciador da marca, «elementos carismáticos» referentes a Lisboa.

[©The Perfect Stampa]
«São utilizados materiais e tecidos que, para além de serem de excelente qualidade e de fácil tratamento, satisfazem o propósito de favorecer as silhuetas femininas – de que é exemplo o “stretch”, um tecido elástico que possibilita que os modelos assentem perfeitamente em diferentes tipos de silhuetas femininas», assegura a The Perfect Stampa, cujas peças se destinam a mulheres «sofisticadas e seguras de si», já que um dos objetivos, segundo a marca, é celebrar o papel da mulher na sociedade contemporânea.

Expandir raízes

«Atirámo-nos de cabeça para esta nova aventura com a convicção de criar uma marca capaz de valorizar a mulher e refletir, simultaneamente, o melhor de Portugal. Neste processo, compreendemos que apenas faria sentido concretizar este projeto se as coleções fossem concebidas com um carinho tão grande quanto o que sentimos em relação ao nosso país e, como tal, procurámos expressá-lo na atenção aos detalhes, na excelência da confeção e na qualidade dos acabamentos», revela Mafalda Carvalho, cocriadora da marca, que chegou ao mercado através da concretização de uma ideia conjunta com Vanessa Castro.

[©The Perfect Stampa]
«O grande objetivo da marca é conseguir entrar nas plataformas de venda online para alcançar o mercado internacional, algo que será feito logo após o lançamento da marca no mercado português», revelaram as fundadoras ao Portugal Têxtil, uma meta que levou a The Perfect Stampa a dar um passo em frente no segmento da internacionalização, visto que a marca conta já com envios para todo o mundo com a própria plataforma de vendas online.

«Embora com código postal nacional, a confiança de que o público feminino além-fronteira se irá identificar e apaixonar pela marca determinou o seu posicionamento no segmento internacional», justifica a The Perfect Stampa, que procura assim cumprir o propósito de expandir as raízes nacionais.