Início Notícias Moda

Fashionistas do milénio

A nova geração de jovens consumidores aproxima-se, cada vez mais, dos designers de renome, privilegiando as linhas de luxo às populares cadeias de retalho, afastando o fantasma da crise com a elegância da alta-costura.

As criações do designer nova-iorquino Jason Wu estão disponíveis por milhares de dólares. Artigos como o modelo de mala de senhora Diane, cujo preço de retalho alcança os 1.495 dólares, ou o trench coat camel, disponível a partir de 3.995 dólares, estavam, até ao momento, fora do alcance dos jovens consumidores.

A geração milénio, que inclui a faixa etária dos 18 aos 35 anos, foi severamente afetada pela crise económica mundial. Muitos debatem-se com dívidas avultadas. Mas uma reviravolta poderá estar eminente, num momento em que 75 milhões de jovens consumidores se afastam dos retalhistas de massas, privilegiando os designers de alta-costura.

De acordo com a Forrester Data, uma divisão da Forrester Research Inc., os consumidores milénio com idades compreendidas entre os 27 e os 35 anos despertaram a atenção do sector de luxo em 2015 ao despender o dobro dos consumidores milénio mais jovens, correspondentes à faixa etária dos 18 aos 26 anos de idade. Ambos os grupos gastaram regularmente em 2014.

O valor médio desembolsado no mais recente artigo de luxo adquirido por estes consumidores mais velhos foi de 180 dólares em 2015. Os mais jovens despenderam apenas 91 dólares na sua compra mais recente.

Estes valores superam os despendidos pela geração X, que os antecede cronologicamente, também ela assediada por problemas financeiros, tendo gasto uma média 150 dólares. Porém, nenhuma geração compete com os estáveis Baby Boomers, com idades compreendidas entre os 50 e os 59 anos de idade, que desembolsaram 250 dólares.

Jason Wu acredita que esta tendência se prende com o interesse crescente por produtos de qualidade e durabilidade, em detrimento do que é mais barato e conveniente. «Já não somos tão descartáveis, e creio que isso se reflete na forma como concebo a minha roupa», explica Wu.

Atenção ao máximo

Os designers estão a alargar a presença nos media social, procurando atrair a atenção dos jovens consumidores, que sõ bombardeados com fotografias, vídeos, notícias, música e mensagens.

Por exemplo, na Semana de Moda de Nova Iorque, que decorreu entre 10 e 17 de setembro, o consagrado Ralph Lauren foi um dos muitos designers a usar o novo aplicativo móvel Periscope, transmitindo os desfiles em direto. O Periscope reúne 10 milhões de utilizadores.

«O Periscope está a mudar a forma como os fãs de moda consomem e interagem com o sector, democratizando-o», afirma Rachel Dodes, diretora de parcerias de moda do Twitter Inc. «As características interativas do Periscope permitem que os utilizadores participem de uma forma que não era possível anteriormente e, como tivemos a possibilidade de constatar esta semana da moda, a comunidade está a aceitá-lo», acrescenta.

Durante o último dia do evento de moda na Big Apple, foram divulgadas 97 transmissões através do Periscope por parte de designers participantes, segundo a Socialbakers, uma consultora de marketing de media sociais.

A estratégia aplicada para atrair novos compradores passa por «fazê-los sentir que partiipam no espetáculo, tal como eu , refere Jaclyn Jones, editora da empresa de previsão de tendências de moda WGSN.

Os designers estão a facilitar o acesso desta geração aos media sociais, incentivando o feedback instantâneo. Quase 70% da geração milénio contacta os seus pares nos media sociais antes de efetuar uma compra, de acordo com a empresa de consultoria de retalho estratégico, HRC Advisory.

Plataformas de media sociais, como o Instagram, Facebook e Pinterest, desempenham um importante papel na promoção da interação. De forma a garantir que os clientes se podem conectar nos pontos de venda, os retalhistas estão a instalar sistemas Wi-Fi e estações de carregamento nas lojas, indica a presidente da HRC Advisory, Farla Efros.

Estas iniciativas irão manter os jovens consumidores envolvidos – e a comprar – em grande estilo.