Início Notícias Marcas

Febre olímpica

O mundo está a aquecer para os Jogos Olímpicos Rio 2016, que decorrem de 5 a 21 agosto, na “Cidade Maravilhosa”. E, se as marcas desportivas esperam capitalizar milhões com o evento, as de pronto-a-vestir, e mesmo as de beleza, não estão menos animadas.

Inspirada pelas olimpíadas e pelo país anfitrião, uma multiplicidade de marcas está pintada de amarelo e verde e, até, a emprestar novos rostos aos flip flops. Nos últimos meses, muitas notícias têm chegado do país imortalizado por Tom Jobim, Chico Buarque ou Caetano Veloso – entre a corrida das marcas desportivas (ver Oportunidade olímpica) ou a dececionante performance do design nos equipamentos (ver Originalidade perde as olimpíadas), à exceção da Lacoste, que veste a equipa francesa com peças minimalistas assinadas pelo seu diretor criativo, o designer português Felipe Oliveira Baptista (ver O jogo de Baptista).

De acordo com a organização, os produtos oficiais Rio 2016 deverão gerar cerca de 260 milhões de dólares (aproximadamente 234 milhões de euros) em vendas só no mercado brasileiro, com 30% geradas pelos visitantes internacionais. A Nike, por exemplo, como patrocinadora oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016, antevê um negócio entre os 25 milhões e os 40 milhões de dólares, revelou o portal The Business of Fashion em março.

Ainda que os brasileiros estejam a fechar os cordões à bolsa (ver Jogos de poupança no Brasil) com o país em convulsão, as marcas, domésticas ou internacionais, sabem que esta é uma oportunidade de marketing que não podem deixar escapar – e estão o mais motivadas possível, analisa a agência noticiosa AFP.

Havaianas

O Comité Olímpico estabeleceu uma parceria com a famosa marca brasileira para uma coleção especial de flip-flops com cores e padrões alusivos. Há quatro modelos à escolha, com preços a começar nos 24 euros. Dois deles estão decorados com símbolos dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e, nos dois outros pares, figuram o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor.

Beliza  

A marca de swimwear francesa Beliza tem abraçado o espírito olímpico com entusiasmo este verão, propondo biquínis com as cores da bandeira brasileira. Disponível em vários tamanhos, a peça ronda os 149 euros.

Pâquerettes Paris

A marca de óculos de sol Pâquerettes Paris apostou no par “Brasília”, com ornamentos florais, para estes Jogos Olímpicos. O modelo redondo de vibração “hippie” é personalizado à mão com flores de cores brasileiras, em branco, azul, verde e amarelo. O preço ronda os 60 euros.

Eastpak

Mais conhecida pelas suas mochilas icónicas, a Eastpak lançou a “Springer”, uma bolsa de cintura em tom amarelo brilhante, levando as cores do Brasil para a sua gama de verão. A waist pack tem vindo a figurar, ainda que discretamente, entre as tendências de moda há várias temporadas e a proposta da Eastpak, com um preço de 27 euros, tem um compartimento principal, com fecho, uma alça de cintura ajustável e um bolso traseiro.

Fabletics

A marca de sportswear cofundada pela atriz Kate Hudson apresentou também umas leggings em tons e padrões brasileiros para o verão de 2016, casando motivos tropicais, em amarelo e verde, contra um fundo preto. Os pares “Salar” custam 44,95 euros.