Início Notícias Tecnologia

Fespa em mudanças tardias para Amsterdão

O certame está de malas feitas para Amsterdão, para concretizar a edição dedicada à impressão e estamparia têxtil, que passa agora a estar agendada para março de 2021.

[©Fespa]

Com data marcada de 6 a 8 de outubro, o certame que alberga a Fespa Global Print Expo, a European Sign Expo e a estreia da Sportswear Pro em simultâneo foi adiado para 9 a 12 de março de 2021. Além das datas, a Fespa alterou também o local de Madrid para os Países Baixos, que vai agora receber a feira no Centro de Exposições e Convenções RAI de Amsterdão. As mudanças surgem devido aos riscos de saúde pública e às interrupções nos negócios causadas pela pandemia global de Covid-19, revela a organização.

«Em março de 2020 tomamos a decisão de adiar a Fespa Global Print Expo por seis meses perante a pandemia e tudo o que ela implicou para os nossos expositores e visitantes. Desde dessa altura, o desenvolvimento do Covid-19 tem sido dinâmico e imprevisível. Enquanto muitas regiões estão a emergir gradualmente do confinamento, a este ponto não podemos assegurar que corresponderíamos às expectativas dos nossos expositores e visitantes de um evento da Fespa se decidíssemos avançar em outubro deste ano», explica Neil Felton, CEO da Fespa.

Para a organização a cargo do certame, Amsterdão, além de ser um destino «popular», está já comprovado como uma cidade apta para receber a Fespa, tendo em conta que em 2006, 2009 e 2016, a cidade chegou mesmo a receber mostras «bem-sucedidas». A acessibilidade rodoviária e ferroviária de várias áreas do centro e do norte da Europa é considerada uma vantagem para muitos dos participantes que tencionam marcar presença na próxima edição da feira.

«A melhor alternativa»

«O início de março de 2021 oferece a melhor alternativa, conferindo aos nossos expositores e visitantes tempo para recuperarem e tempo para nós próprios nos preparamos por completo para qualquer novo requisito operacional», admite Neil Felton.

[©Fespa]
«O feedback do mercado indica que, tendo enfrentado os desafios comerciais consideráveis de 2020, a nossa comunidade vai receber a Fespa Global Print Expo em março de 2021 como uma plataforma importante para a recuperação dos negócios e para avançar nos progressos no início do próximo ano», reconhece o CEO.

O próximo evento da Fespa Global Print Expo vem substituir o certame originalmente programado para Munique, também em 2021. No entanto, a feira regressará à Alemanha em 2022.

Criada em 1962, a Fespa é uma federação global de associações para a comunidade de serigrafia, impressão digital e estamparia têxtil, cujo duplo objetivo é promover a serigrafia e imagem digital bem como partilhar os mais recentes avanços e conhecimentos destas tecnologias com todos os membros que lhe pertencem a nível mundial «de forma a que estes possam expandir os seus modelos de negócio com um rápido crescimento», refere em comunicado.