Início Arquivo

Fiação Safil impede entrada de trabalhadores

Depois de terem sido «forçados» a prolongar as suas férias por «conveniência de serviço», 40 trabalhadores da Fiação Boavista, em Famalicão, foram impedidos de entrar nas instalações da empresa na passada quarta-feira, altura em que deveriam começar a laborar, notícia o Jornal Público. Já há alguns meses que a empresa tem vindo a negociar individualmente com os trabalhadores a rescisão dos contratos. No entanto, os últimos 40 funcionários (de um total de 60) prometem lutar e não abandonar as instalações da Safil, nome por que é conhecida a fábrica, enquanto não forem pagas indemnizações ou enquanto não lhes forem dadas garantias de que serão mantidos os postos de trabalho. Da reunião realizada na passada quarta-feira, surgiu a possibilidade de manter a secção de tinturaria e acabamentos, apesar do encerramento da fiação, áreas onde deverá permanecer apenas um pequeno número de operários, sendo na sua maioria homens. Tendo ainda os salários do mês de Agosto por receber, os funcionários prometem não arredar pé de junto da fábrica até que lhes sejam satisfeitos todos os direitos.