Início Arquivo

Fibras naturais em foco

Depois da edição de Dezembro que registou uma actividade intensa, a próxima Expofil, que decorrerá de 6 a 8 de Junho 2000 no “Espace Eiffel-Branly” de Paris, anuncia-se particularmente dinâmica numa conjuntura muito melhorada.

Com stands ocupando uma superfície de 5.500 m2, esta 43ª edição da Expofil, dedicada às colecções Outono-Inverno 2001/2002, apresentará uma oferta ainda maior do que a reunida em Junho de 1999 para a edição especial ITMA e ocupará o máximo da capacidade do “Espace Eiffel-Branly”.

Até ao momento estão inscritos 250 expositores, dos quais 165 industriais de fiação, 32 fabricantes de fibras e uma dezena de sociedades de prestação de serviços. Entre os 13 novos expositores conta-se com a presença de uma português – FITLENE.

Para Sylvie Tastemain, Directora de Moda da Expofil, a estação Outono/Inverno 2001/02 anuncia-se “como uma estação calma de onde se revela uma atmosfera quente”.

É uma síntese entre a memória do passado, através de um gosto aprofundado pelo natural e a procura de aspectos artesanais, e o presente que se encontra na inovação e na pesquisa técnica levando à elaboração de um produto realista, adaptado ao estilo de vida contemporâneo.

As fibras naturais continuam a ter lugar de honra: elas ajustam-se às exigências de conforto e transformam-se pela mistura com fibras sintéticas. As matérias de aspecto rústico ligam-se às matérias puras ou às sintéticas que, por sua vez, tomam ares naturais. A cor persiste com todo o requinte e subtileza para o Outono/Inverno 2001/02. À volta duma nova geração de tons neutros, pastéis atenuados e cinzentos, declinam-se dois temas: a gama quente e opulenta, os castanhos e púrpuras, e a gama fria e profunda, os tons de azul e verde. Como complemento, cinco cores luminosas dão à estação um espírito de frescura e candura.