Início Notícias Têxtil

Filo explora Linguagens

Linguagens é o tema das tendências agregadas pela Filo para a sua 58.ª edição, que se realiza a 14 e 15 de setembro. Pictogramas, Linguagem Corporal, Emoji e Silêncio são as quatro direções apontadas pela feira italiana de fibras e fios, que estão já disponíveis online.

Pictogramas [©Filo]

As propostas foram desenvolvidas por Gianni Bologna, responsável pela criatividade e estilo da Filo, que explica ter escolhido o tema Linguagens porque «atualmente a comunicação já não é apenas um meio de transmissão. Na verdade, substitui o que definimos como “realidade” e “identidade”».

O tema desmultiplica-se em quatro direções – Pictogramas, Linguagem Corporal, Emoji e Silêncio –, que são descritas num vídeo evocativo que pode ser visto online, no site da Filo. «Os quatro temas que selecionamos identificam quatro expressões estéticas e formas de usar o vestuário ligadas a estas identidades, mais ou menos influenciadas pela comunicação. São quatro linguagens que expressam a individualidade, que podem distinguir tipos de consumo e autorrepresentação: naturalidade, conexão, consciência do corpo e bem-estar físico, necessidade de abstração», indica Gianni Bologna.

Linguagem Corporal [©Filo]
Pictogramas recorre às primeiras formas de linguagem, que evoluíram ao longo dos milénios, aos primeiros sinais escritos, uma inovação humana que permitiu começar a transmitir a realidade. Superfícies texturadas, fios torcidos para criar efeitos de fantasia e fibras naturais, como lã, linho, ráfia, algodão, cânhamo e seda, estão em destaque nesta direção.

Já Linguagem Corporal sublinha o facto de 65% da comunicação humana ser não-verbal, nomeadamente a linguagem corporal, que não sendo intencional na maioria das vezes, é ao mesmo tempo a mais verdadeira, explica a Filo. Opções leves, transparências e movimento são conceitos ligados a esta direção, onde pontuam ainda os brilhos e as fibras artificiais e sintéticas com toque acetinado.

Emoji [©Filo]
A direção Emoji é uma ode às novas formas de escrever emoções por parte da Geração Internet, uma linguagem mais incisiva e inclusiva, que parece facilitar os encontros e ultrapassar as diferenças culturais. Nesta direção, o algodão e as fibras sintéticas estão em destaque, o mesmo acontecendo com os acabamentos – como os revestimentos, o polimento e a calandragem, assim como gravação para efeitos tridimensionais.

Por último, Silêncio aponta para o luxo, discrição e secretismo como forma de contrariar a exposição mediática e a necessidade de comunicação. Fios que se adaptam à produção de tecidos “simples” – lisos, twills, cetins, crepes, popelinas, percales, tafetás – são exaltados.

Silêncio [©Filo]
Polopiqué presente

A publicação das tendências de Linguagens mantém-se online, uma opção que Paolo Monfermoso, responsável do salão italiano dedicado aos fios, justifica com o facto de «a publicação do vídeo com as inspirações para a próxima edição é um dos eventos mais aguardados e apreciados, não só para os expositores da Filo, mas também para todos os profissionais que trabalham na indústria têxtil e vestuário. É por isso que decidimos lançar as propostas da Filo da forma mais abrangente possível, escolhendo o canal digital, pelo valor acrescentado que representa para a nossa cadeia de aprovisionamento em termos de comunicação – e inspiração – para as empresas».

[©Filo]
Segundo o responsável, «as propostas da Filo têm uma conotação única no panorama das feiras têxteis: focam-se em produtos, propondo fios, processos e materiais que podem resultar em múltiplas soluções têxteis, ao ponto de imaginar produtos finais. A partir desta edição, decidimos chamar-lhes Dialoghi Creativi, uma vez que representam uma ótima fonte de inspiração para cada empresa, que depois será capaz de criar e customizar produtos de acordo com as suas necessidades e seguir as suas ideias criativas, num “diálogo” contínuo entre a Filo e as empresas participantes». No fundo, «a nossa intenção é oferecer às empresas um manual técnico e de estilo para ser consultado em qualquer momento e a partir de qualquer lado, simplesmente indo ao nosso website», conclui Paolo Monfermoso.

A 58.ª edição da Filo terá lugar a 14 e 15 de setembro no MiCo Milan e, atualmente, conta com cerca de 85 expositores registados, incluindo a portuguesa Polopiqué.