Início Arquivo

Fim da Escada?

A actual recessão económica mundial continua a dificultar a vida de importantes marcas de moda mundiais. Em Maio último foi a Christian Lacroix que anunciou falência. A célebre casa de moda francesa, criada pelo próprio genial Lacroix, que acaba de apresentar aquela que poderá ser a sua última colecção de alta-costura num desfile com a emoção à flor da pele em Paris (ver Alta-costura sonha e segue), dispõe ainda de seis meses – decretados pelo tribunal – para dar a volta por cima, mas as dificuldades são mais do que evidentes para a marca que, em 22 anos, não conseguiu obter lucro. Actualmente, «outra marca de renome poderá estar igualmente condenada a desaparecer» . Trata-se da Escada e as palavras foram proferidas por Bruno Saelzer, presidente da empresa, que, com alguma tristeza, anunciou à comunicação social as graves dificuldades financeiras que estão a atravessar. «Este é um momento bastante difícil para a Escada, que apesar de ser uma empresa de renome e com uma carteira de clientes bastante fiéis, tem vindo a sofrer com a crise económica mundial, que acabou por nos afectar de uma forma desastrosa», afirmou Saelzer. Com pés bem assentes na terra, os responsáveis pela casa de moda alemã declararam insolvência e, desta forma, a empresa poderá finalizar as suas actividades comerciais em pouco tempo. Mas a marca conserva ainda a esperança de um plano “salvador” que permita resgatar os 18,6 milhões de euros de dívidas. «Esperamos conseguir solucionar a tempo esta situação tão delicada e evitar, assim, uma tragédia para a moda de luxo. Deste modo, a nossa prioridade e a nossa meta a curto prazo, é lutar pela sobrevivência de uma marca com mais de 33 anos, no mercado», explicou o presidente da Escada Nos anos 70, a Escada revolucionou o mundo da moda topo de gama. Trinta e três anos depois, a empresa tornou-se conhecida por ter sido pioneira na industrialização da moda de segmento alto para mulher. A marca é actualmente detentora de 82 lojas próprias e 225 estabelecimentos franquiados, espalhados por mais de 60 países. De igual forma, o nome “Escada” é presença constante nas mais conceituadas revistas de moda e no guarda-roupa de celebridades como Katie Holmes e Katherine Heigl. De igual forma, a empresa sempre privilegiou a publicidade como arma de marketing para atingir a máxima notoriedade no mercado, tendo actualmente como imagem oficial a top model checa Eva Herzigova.