Início Arquivo

França importa mais

O mercado de importação de fatos de homem francês tem-se mostrado dinâmico nos últimos anos. De acordo com os dados do Eurostat, foram importados em 2004, 181,5 milhões de euros de fatos de tecido de uso masculino, totalizando um volume de 2,7 milhões de unidades. Estes valores correspondem a um crescimento médio anual de 9,5% em valor e 9,4% em quantidade, nos últimos dez anos. Entre os principais mercados de origem destacam-se os países vizinhos, Itália e Alemanha, com quotas de 20,0% e 15,3% nas entradas totais gaulesas.

Portugal surge na quarta posição do ranking de principais mercados de destino com uma quota de 7,9% a que equivale um total importado de 14,3 milhões de euros. Apesar do forte crescimento das importações francesas desta categoria de produtos, as entradas têm evidenciado uma tendência de dispersão relativamente aos mercados de origem. Enquanto em 1994 os três principais mercados de origem forneciam 2/3 das entradas totais de fatos, actualmente não ultrapassam 50%.

Adicionalmente, têm conquistado quota as importações oriundas do leste europeu (Roménia, Eslováquia e Polónia) e da Ásia, em particular da China. Refira-se que as entradas com etiqueta chinesa cresceram a uma taxa média anual de 36,8% entre 1994 e 2004. A análise em termos de preços demonstra que em média os fatos importados pelo mercado gaulês têm um preço de 67 € por unidade, contudo os artigos com origem intracomunitária são em média mais caros, uma vez que têm um preço médio de 72 € por unidade que compara com os 60 € médios dos artigos extra-U.E.

O mercado evidencia uma preferência pelos produtos de gama alta já que os preços médios dos fatos dos principais mercados de origem, Itália e Alemanha, ascendem a 152 € e 111€ por unidade que compara com os 45 € por unidade que é o preço médio dos artigos com origem lusa. De referir que a concorrência pelo preço favorece o mercado Chinês que pratica um preço médio por fato imbatível, 20 € por unidade correspondendo a 29% do preço médio de importação total.Esta informação é apresentada em ficha de mercado disponível no Portugaltextil.com