Início Destaques

Futuro da indústria da moda em debate

“A indústria da moda em 2021/2022: o que esperar!” é o nome da conferência digital que juntará especialistas internacionais da McKinsey & Company, do Institut Français de la Mode e do Boston Consulting Group na tarde do próximo dia 14 de abril. As inscrições, gratuitas, estão abertas e podem ser feitas online.

A conferência digital, que é parte integrante do projeto 100% ModaPortugal, promovido pelo CENIT e pela ANIVEC, está marcada para as 14h20 e terá como palco a plataforma Zoom, estando aberta a todos os interessados, mediante uma inscrição online.

O objetivo é debater e apontar caminhos para o futuro próximo da indústria da moda, em especial para os próximos dois anos. Numa primeira parte, Antonio Gonzalo, partner da McKinsey & Company, irá fazer o retrato e apontar as tendências que se perfilam para a indústria da moda em 2021.

Seguir-se-á Dominique Jacomet, conselheiro sénior do Institut Français de la Mode (IFM), que irá falar sobre as tendências de sourcing na Europa e a evolução do consumo de moda, e Joan Sol, diretor-geral e partner do Boston Consulting Group (BCG), que irá abordar as mudanças no retalho causadas pela pandemia.

As apresentações serão em inglês e terão um espaço dedicado a questões da audiência.

Num segundo momento, será a vez das empresas nacionais da indústria de vestuário darem conta da situação e das perspetivas para a indústria portuguesa de moda. César Araújo, administrador da Calvelex, Daniela Xavier, diretora-geral da Fermir, José Costa, administrador da Becri, Luís Guimarães, administrador da Polopiqué, e Mico Mineiro, administrador da Twintex, são os convidados do debate.

Está ainda prevista uma intervenção sobre o projeto 100% ModaPortugal, a cargo de Marlene Oliveira, head of International unit do CENIT, e Pedro Siza Vieira, Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, deverá encerrar o programa.