Início Notícias Vestuário

Gallery convence expositores

A Areal Böhler acolheu cerca de 800 marcas na última edição da feira de moda Gallery, que alargou o espaço dedicado ao Showroom Concept. A moda modesta foi outro dos destaques do certame, que contou com a participação de marcas da indústria portuguesa de calçado.

Na Alte Schmiedehallen, a principal sala da Areal Böhler, em Düsseldorf, reuniram-se de 26 a 28 de janeiro cerca de 450 marcas de 20 países na área dedicada aos produtos premium, que foram rodeados pelo Showroom Concept, com cerca de 350 marcas de 15 países. Em exposição estiveram as coleções para o próximo outono-inverno, em segmentos como design e vanguardismo, vestuário de noite e de festa e moda contemporânea, complementadas com calçado e acessórios.

«A nossa diferenciação continua a provar-se e a estabelecer-se sozinha de forma dinâmica, ao oferecer, de forma bem sucedida, espaço para marcas de nicho na Alte Schmiedehallen e um Showroom Concept contemporâneo nos três outros pavilhões, além de responder à crescente procura por Düsseldorf e pela Alemanha no geral. O facto dos números dos visitantes serem entendidos individualmente, dependendo do segmento, e da feira e do negócio de encomendas estarem a tornar-se cada vez mais focados e direcionados está de acordo com o tempo atual e reflete-se da mesma forma em cada feira de moda em diferentes proporções», garante Ulrike Kähler, diretora de projeto e diretora-geral da Igedo.

Estreias de sucesso

O sucesso da feira foi medido, sobretudo, pelo feedback dos expositores. «Estamos a expor no Showroom Concept da Gallery pela primeira vez e estamos extremamente impressionados por esta plataforma. Em resumo: uma feira fantástica com um ambiente fantástico. Não só todas as reuniões agendadas foram bem sucedidas, como fomos capazes de atrair um bom número de novos clientes», assegura Marcel Egner, diretor-geral da 04651 SYLT, citado num comunicado da Gallery.

«A Gallery é a plataforma ideal para nós. Düsseldorf é uma localização de encomendas e todas as reuniões agendadas são cumpridas. A nova entrada também teve um feedback positivo e tudo foi profissional como habitualmente», sublinha Maïté Ligot, diretora de exportação de moda da Sarah Pacini, da Irlanda.

Roshan Paul, representante da marca portuguesa Nobrand, também se revelou otimista. «É a nossa primeira vez a expor na Gallery. A atmosfera é fantástica e também gostamos dos pavilhões. Da próxima vez queremos duplicar o tamanho do nosso stand», afirma.

A Nobrand foi uma das marcas portuguesas representadas nesta edição da Gallery, que contou também com um stand coletivo com várias marcas de calçado, nomeadamente Marita Moreno, Beatriz Vasconcelos (vencedora do prémio para melhor designer de calçado no Concurso Europeu de Jovens Designers), Diana Fernandes, Maria João Cunha, Relance by Vera Silva, Upper Fernandes e Rodrigues e o CFPIC – Academia de Design e Calçado.

Moda modesta à conquista da Europa

Entre os destaques da Gallery esteve ainda a chamada moda modesta. «A moda não conhece fronteiras e tem de ser mais individualizada e integradora do que nunca. Essa é a única forma para ser bem sucedida», acredita Meriem Lebdiri, fundadora da marca de moda modesta Mizaan.

Lebdiri foi também oradora num seminário sobre o tema, onde mostrou a importância deste segmento de moda, comprovado pela atenção que revistas como a Harper’s Bazaar USA estão a dar à moda modesta.

A próxima edição da Gallery terá lugar de 20 a 22 de julho.