Início Notícias Calçado

Gallery Shoes entra com o pé direito

A nova feira de calçado de Düsseldorf, sucessora da GDS, conseguiu reunir o consenso de expositores e visitantes na primeira edição. De 27 a 29 de agosto, o universo do calçado concentrou-se na cidade alemã para dar a conhecer e ficar por dentro das tendências que vão andar nos pés de todos na próxima primavera.

A Gallery Shoes acolheu na Areal Böhler mais de 500 marcas internacionais de 16 países e cerca de 9.200 visitantes profissionais, sobretudo europeus.

«Estamos aliviados por esta confirmação unânime da indústria», afirmou, no final da feira, Ulrike Kähler, diretora de projeto da Gallery Shoes. «Em apenas seis meses criamos fundações sólidas com muito trabalho. Tivemos o início perfeito que nos vai agora permitir concentrar em atrair mais compradores profissionais internacionais, sobretudo do Norte da Europa», explicou.

Segundo a organização, a cargo da Igedo, o sucesso foi conseguido graças à conjugação de vários fatores, desde o bom tempo que se fez sentir em Düsseldorf, até ao programa de eventos paralelos e distribuição das marcas pelas diferentes áreas. «Estamos satisfeitos com este resultado, sobretudo tendo em conta os prazos curtos que tivemos, mas claro que temos os olhos postos noutros objetivos para o futuro – e estamos agora a avançar para a frente com entusiasmo», revelou Ulrike Kähler.

Entre os expositores, onde se incluíram, além dos alemães, belgas, holandeses, franceses, italianos, espanhóis, escandinavos, britânicos, austríacos, polacos e suíços, entre outras nacionalidades, marcaram presença 45 expositores portugueses. A especialista em sapatos de vela Portside foi uma das marcas lusas presentes na área Contemporary/Urban, tendo dado destaque aos modelos Originals, Executive (uma coleção mais formal), à tecnologia impermeabilizante WTD «e ainda aproveitou a visita a Düsseldorf para apresentar a sua nova coleção Super Flex», adiantou a marca em comunicado.

Também na mesma área, dedicada ao calçado contemporâneo e urbano estiveram insígnias como a Skechers. «A feira é fresca e entusiasmante, era muito necessária e há muito esperada», reconheceu Marvin Bernstein, sócio-gerente da marca conhecida pelos seus ténis para o dia a dia.

Já William Rich, diretor para a Europa das marcas Calvin Klein, Katty Perry Collections e Juicy Couture – todas presentes na chamada Premium Zone –, destacou que «os números dos visitantes foram promissores. A plataforma tem de ser impulsionada por toda a gente envolvida, de forma a dar-lhe um apelo mais internacional, em particular para visitantes da Escandinávia».

Conforto acima de tudo

Das propostas apresentadas pelos expositores evidenciaram-se as tendências para a primavera-verão 2018, uma estação que ficará marcada pelo conforto absoluto em forma de ténis – em todas as cores e variações, incluindo materiais nobres como laços em seda, aplicação de pedraria e filmes com brilho.

Os estilos mule e os slip-on irão igualmente chegar às lojas, seja com saltos, seja em versões rasas.

A paleta de cores sente a influência dos metálicos mas apresenta-se também com reforços ao nível dos brancos-marfim, azul-gelo e verde-menta, complementados pelos tons de areia e cinzento. Pêssego, laranja, rosa-vivo e roxo-elétrico fazem igualmente parte das opções.