Início Notícias Calçado

Gallery Shoes & Fashion adiada para abril

Depois da “irmã” Gallery Fashion & Shoes ter cancelado a edição física e adotado apenas uma versão online, a organização da feira primariamente dedicada ao calçado, mas que também inclui moda, decidiu, face às restrições do governo alemão, adiar a Gallery Shoes & Fashion de março para 18 a 20 de abril.

[©Igedo Company]

Agendada inicialmente para 7 a 9 de março, a Gallery Shoes & Fashion irá agora ter lugar depois da Páscoa, de 18 a 20 de abril, mantendo a localização na Areal Böhler, em Düsseldorf.

A mudança nas datas surgiu após o governo alemão ter anunciado «previsíveis agravamentos das medidas para a luta contra o Covid-19 nas próximas semanas e das nossas conversas posteriores com as autoridades responsáveis», explica Ulrike Kähler, diretora-geral da Igedo Company, responsável pela organização da feira. «Tornou-se claro que a importante segurança no planeamento que precisamos para ter um evento no início de março não está, infelizmente, garantida. Por isso, decidimos rapidamente adiar as datas da próxima edição física da Gallery Shoes & Fashion», acrescenta.

Para a diretora da Igedo Company, «este é o melhor serviço que podemos oferecer à indústria neste momento para assegurar que somos capazes de ter pelo menos um evento físico no primeiro semestre de 2021».

Esta alteração de datas não tem qualquer influência na Gallery Fashion & Shoes, que se irá realizar digitalmente de 28 de janeiro a 15 de fevereiro, o que, segundo Ulrike Kähler, «vai assegurar a presença sem dificuldades dos nossos parceiros e oferecer a melhor apresentação alternativa possível na atual situação».

Ulrike Kähler [©Igedo Company]
No ano passado, a Gallery juntou moda e calçado numa única edição física de 30 de agosto a 1 de setembro e, face ao sucesso, testemunhado inclusivamente pelo representante da Messe Düsseldorf e da Igedo Company em Portugal, Hans Walter, a organização decidiu que todas as feiras Gallery iriam juntar os dois segmentos, apesar de serem primariamente dedicadas ao vestuário ou ao calçado. Surgiu assim a Gallery Fashion & Shoes, mais vocacionada para a moda, e a Gallery Shoes & Fashion, mais dedicada ao calçado.

«O facto das marcas serem agora mostradas num contexto geral e não apenas no seu próprio segmento gerou muito feedback positivo», assegurou, na altura, Ulrike Kähler, justificando a opção de cada evento juntar moda e calçado.

Na edição de agosto/setembro de 2020 marcaram presença cerca de 300 expositores, entre os quais 14 portugueses, que representaram aproximadamente 550 marcas.