Início Notícias Calçado

Gallery Shoes no bom caminho

Ainda que o sucesso da primeira edição possa ser encarado como sorte de principiante, o segundo ato da Gallery Shoes serviu para confirmar o posicionamento estratégico do salão para a indústria do calçado. De 11 a 13 de março, marcharam em Düsseldorf mais de 500 marcas de 17 países.

A recente edição da Gallery Shoes (sucessora da GDS) reuniu no edifício da Areal Böhler, em Düsseldorf, mais de 500 marcas, dentro de um total de 350 expositores provenientes de 17 países, atraindo a atenção de 9.800 visitantes profissionais. A comitiva lusa incluiu mais de 50 expositores, com Portugal a juntar-se à Austrália, Bélgica, Dinamarca, Alemanha, França, Reino Unido, Itália, Croácia, Holanda, Áustria, Polónia, Suíça, Espanha e Turquia na lista de países representados.

A nova ronda pela indústria do calçado manteve-se assim na pegada de sucesso da feira “irmã” Gallery que, entre os dias 27 e 29 de janeiro, recebeu 800 marcas de moda (ver Gallery acolhe mais de 800 marcas).

«A indústria europeia do calçado mostrou a sua aceitação em relação à nova plataforma e ao papel que ela poderá desempenhar no futuro. A Gallery Shoes tem uma reputação sólida, com base no profissionalismo e na experiência», afirmou Ulrike Kähler, diretora-geral do grupo Igedo, entidade organizadora do salão, e diretora de projetos da Gallery e Gallery Shoes. «A resposta foi excelente. O conceito de tradeshow, a vibração moderna, a experiência e a concentração de marcas dentro das diferentes áreas mereceram a aprovação dos visitantes», revelou.

A contribuir para o sucesso do salão esteve, precisamente, a segmentação por áreas, que transitou da edição anterior. As áreas Premium, Contemporary e Urban reafirmaram-se dentro da Gallery Shoes, assistindo a um ligeiro aumento no número de marcas, devido à criação de espaço adicional e à continuidade por parte dos expositores. O mesmo se aplicou à zona Comfort. A zona Kids foi uma “feira dentro da feira”, que assistiu ao incremento da qualidade dos expositores.

«Pretendemos continuar a desenvolver as diferentes áreas para garantir a longevidade do evento», explicou Ulrike Kähler.

Representada na área Premium, a marca espanhola Chie Mihara fez uma avaliação muito positiva da participação no salão, que abriu portas de 11 a 13 de março.

«A Gallery Shoes é uma feira encantadora, com um número significativamente elevado de visitantes. Tem o tamanho ideal e proporciona um ambiente de trabalho produtivo. Fomos também capazes de fazer novos clientes. Para nós, a Gallery Shoes é, sem dúvida, um evento de encomendas», avaliaram Rosanna Santos, comercial, e Noelia Sánchez, responsável de exportação da marca.

Para a Ana Villaescusa Jaén, comercial da marca de calçado de senhora Kmb Shoes para o mercado alemão, a edição «foi fantástica». «Tivemos bastantes visitantes no nosso stand. A segmentação e a data da Galeria Shoes são perfeitas», analisou.

Talento emergente

Com o mote “Fashion meets Comfort”, a Associação Alemã da Indústria de Calçado e Marroquinaria premiou, na segunda edição da Gallery Shoes, dois jovens designers com o HDS/L Junior Award 2018.

O modelo de botas que combinava elementos de calçado desportivo destacou o talento emergente Adam Frk que, para o júri, «demonstrou criatividade e elevados conhecimentos técnicos». Já Stefanie Hanser recebeu o prémio especial «pelo seu design intencionalmente “imperfeito” que se destacou pelo conforto excecional».

A próxima edição da Gallery Shoes está agendada para os dias 2,3 e 4 de setembro de 2018.