Início Notícias Retalho

Geração Z acelera retalho chinês

A geração Z tem vindo a fomentar novas tendências de consumo na China, com as compras por impulso e a busca pela gratificação instantânea a orientarem os comportamentos de compra dos consumidores mais jovens.

A resposta rápida – com entregas de encomendas online no mesmo dia – e a venda nas redes sociais podem garantir aos retalhistas que ambicionam capitalizar com a procura das novas gerações de consumidores chineses a fórmula vencedora.

Na China, até 70% dos jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 22 anos, agrupados sociologicamente na geração Z, estão interessados em comprar produtos diretamente através das redes sociais, um valor muito superior ao da média global de 44%, de acordo com uma pesquisa da Accenture junto de 10 mil consumidores em 13 mercados, incluindo 1.000 consumidores na China.

«A geração Z é o próximo grande mercado de consumo e poder de compra», afirma, ao South China Morning Post, Yew Hong Koh, diretor-geral da Accenture, que lidera a indústria do retalho na Ásia Pacífico.

À altura das expectativas

Para alcançar o sucesso neste mundo cada vez mais digital, os retalhistas devem procurar perceber as expectativas dos consumidores da geração Z, os seus círculos de influência e o seu comportamento e, particularmente, os seus hábitos de consumo de medias sociais, aponta Yew Hong Koh.

À medida que esta geração vai amadurecendo e ingressa na força de trabalho e começa família, os seus hábitos de consumo, preferências e fidelidade às marcas deverão influenciar os seus gastos.

Na China, a geração Z tem maior propensão para as compras por impulso do que os millennials e mostra-se disposta a pagar mais pela entrega rápida, revela a Accenture.

Cerca de 34% dos membros da geração Z querem receber as suas encomendas no mesmo dia, enquanto 27% querem entrega imediata dentro de duas horas ou dentro de meio-dia. Apenas 22% afirmaram estar satisfeitos com a entrega no dia seguinte.

Em comparação, os millennials mostram maior tolerância em relação ao tempo de espera, com 44% os consumidores daquela geração a afirmarem que estão dispostos a aguardar pela entrega no dia seguinte.

Outro relatório, divulgado pela empresa de pesquisa de mercado Kantar Media CIC, destaca que a gratificação instantânea está a assumir cada vez mais preponderância nas redes sociais na China, à medida que cada vez mais plataformas de redes sociais incorporam marketing de conteúdo e vendas rápidas através de uma operação omnicanal para responder à procura dos consumidores.