Início Destaques

Gerber lança corte revolucionário

A Atria Digital Cutter promete ser uma nova referência para indústria, garantindo uma poupança de 30% nos consumíveis, uma melhoria de 5% no rendimento do material e um incremento de 50% na produção global. A solução de corte vai ser lançada oficialmente na conferência anual ideation, que se realiza de 4 a 6 de novembro.

[©GerberTechnology]

A Atria Digital Cutter faz parte da solução end-to-end para a produção em massa na indústria de processamento de materiais flexíveis – que inclui também o lançamento das novas versões dos softwares AccuMark 2D e 3D, AccuNest e AccuPlan – que a Gerber Technology irá apresentar durante a conferência anual ideation, que este ano se realiza online, com inscrição gratuita, de 4 a 6 de novembro.

Segundo a tecnológica de origem norte-americana, a sala de corte digital Atria «assenta no espírito inovador de Joseph Gerber, fundador da empresa e pioneiro por detrás da primeira solução de corte automatizado». Apontada como «a máquina mais inteligente da indústria até à data», a Atria promete melhorias na produção global de 50%, redução de utilização de consumíveis superior a 30% e uma melhoria do rendimento do material em 5%, «com corte com zero buffer em muitas aplicações a toda a velocidade».

Características que a tornam ideal para a indústria de produção de vestuário de trabalho, denim, mobiliário, transportes e equipamentos de proteção individual (EPI), «uma vez que utiliza algoritmos poderosos para eliminar erros, reduzir custos e assegurar a integridade dos dados em todos os pontos do processo», sublinha a Gerber Technology.

«Concebemos a Atria para ser a máquina de corte integrada mais inteligente e de alto desempenho que o mercado de produção em massa alguma vez viu», afirma Leonard Marano, diretor comercial da Gerber Technology. «O novo normal da era pós-Covid é um desafio para muitos fabricantes e exige que estes sejam ágeis e inovadores. A Atria é apoiada pela solução end-to-end da Gerber que permitirá às empresas adaptarem-se facilmente e responderem às exigências dos consumidores e aos desafios do mercado», explica.

Primeiros clientes satisfeitos

A sala de corte digital da Atria incorpora os princípios da Indústria 4.0 e da Internet das Coisas e integra-se com as soluções de desenho de marcadas, planeamento de corte e soluções de encaixe automático da Gerber, que abrange todo o processo de produção em massa desde o CAD à sala de corte, sublinha a tecnológica.

A Atria tem vindo a ser testada por empresas como o GDI Grupo Diamante Internacional, que produz uniformes profissionais, que realça a capacidade de «cortar até os materiais mais duros» e deu conta de um aumento da capacidade de corte de 30%.

Leonard Marano [©Gerber Technology]
Já a produtora de vestuário Lesato destaca «uma grande melhoria na qualidade de corte», que permite aumentar a altura das camadas de tecido, mantendo a precisão.

«As indústrias da moda e dos transportes foram dois dos segmentos industriais mais afetados pela Covid-19, o que significou que os fabricantes destas indústrias tiveram de adaptar rapidamente os seus processos, acelerar o e-commerce e procurar novas formas de se ligarem aos clientes, mantendo uma vantagem competitiva», indica Ron Ellis, diretor de gestão de produtos de hardware da Gerber Technology. «A tecnologia de controlo de última geração da Atria e os sensores inteligentes permitem versatilidade e fazem dela a solução perfeita para uma variedade de mercados, incluindo vestuário, transporte e mobiliário», resume.