Início Arquivo

Grandes novidades na Ricon

O grupo têxtil Ricon, sedeado em Famalicão, e detentor de marcas como a Gant e a Decénio tem vindo a alargar a sua ofensiva externa sobretudo nos países da América do Sul e nos Emirados Árabes Unidos. A iniciativa que começou em finais de 2006, quando a Gant abriu a sua primeira loja em Curitiba, no Brasil, mantém agora um plano de abertura de mais 12 estabelecimentos próprios naquele país sul-americano. Esta expansão internacional marca uma evolução na cadeia de valor de um grupo de raiz industrial que acredita que, em 2010, o retalho representará 70% de uma facturação de cem milhões de euros. A marca americana Gant, detida por sócios suecos de que é fornecedora, accionista (5%) e representante no mercado nacional, lançou-se no Brasil na capital do Paraná, numa das 12 cidades que o grupo identificou como um dos locais ideais para alcançar sucesso comercial e bons volumes de vendas. Os próximos destinos para novas aberturas são as cidades de S. Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Brasília e Belo Horizonte, no âmbito de um plano que, em quatro anos, envolverá 10 milhões de euros. Relativamente à marca Decénio, esta tem-se vindo a expandir pelo México desde Setembro de 2006 e tem agora em vista alargar-se à Grécia, aos Emirados Árabes Unidos e a Angola. As vendas no México foram iniciadas através do Palácio del Hierro, um department store com várias lojas no país. A expansão internacional da Decénio terá vários formatos e não se baseará única e exclusivamente em lojas próprias. Na Grécia vão ser abertas quatro lojas em department stores, nos Emirados Árabes Unidos está prevista a abertura de duas lojas em regime de parceria e em Angola a marca vai comercializar através de uma loja multimarca. Esta iniciativa de internacionalização surgiu após ambas as cadeias terem considerado esgotada a margem de crescimento no mercado doméstico, uma vez que a Ricon sente-se satisfeita com as 13 lojas da rede Gant e as 22 lojas da Decénio que abriu em território nacional e a curto prazo não prevê novas aberturas.A novidade passa pelo lançamento de um terceiro conceito, uma nova marca denominada de Henry Cotton's, que abrirá ainda este mês a sua primeira loja em território nacional, na Galeria Península, no Porto. Esta será a primeira de uma rede de lojas que terá unidades em Lisboa e Coimbra. Nas restantes cidades estará representada num reduzido número de lojas multimarca. A Henry Cotton's destina-se a um segmento de mercado alto tendo como objectivo captar clientes que apreciem a exclusividade e inovação.