Início Notícias Tecnologia

Grupo Fusão Print cria tendências

O grupo português abraçou a tecnologia CtS em automação, o que lhe permitiu dar resposta às necessidades crescentes da indústria da moda. Um case-study de como modernização tecnológica pode gerar dividendos e permitir a expansão no negócio da estamparia à peça.

KTK Print 16C

O case-study do Grupo Fusão Print tinha já sido abordado 25.º seminário da Ruy de Lacerda (RdL) e é agora descrito por David Zamith, chairman da RdL:

Vivendo num mundo novo, que começou pelo processo de globalização e rapidamente foi seguido pela Indústria 4.0, todos temos que nos adaptar a indústrias tecnologicamente inovadoras para sermos guiados pelo processo digital, ancorado em software + automação! É fundamental simplificar, normalizando as etapas do processo, garantindo a reprodutibilidade e repetibilidade para dar suporte a alta qualidade de imagens, flexibilidade, redução de tempos de arranque, custos de produção menores e diferenciando nos serviços para sermos capazes de dar resposta às novas exigências dos mercados!

Caracterização do mercado

O mercado têxtil português representa 4% do total de têxteis europeus, sendo representado por 9.500 empresas e 110.000 empregados localizados principalmente na região norte. O mercado está a mostrar uma evolução muito positiva nos últimos 10 anos, de expansão e crescimento contínuo, sendo forte no design, com presença em feiras internacionais de referência e está a receber muitos prémios – como, por exemplo, na ISPO Textrends.

Demonstrando a sua capacidade de adaptação ao mercado em mutação, para a próxima década a Indústria Têxtil Portuguesa centrar-se-á em produtos sustentáveis, têxteis técnicos, valor acrescentado e serviços, ancorada na excelência dos seus Centros Tecnológicos e na sua Cadeia Tecnológica Têxtil, para ser flexível, rápida, diferente, eficiente nos custos e sustentável!

Grupo Fusão Print – Liderança, Força e Astúcia

Especialista em estamparia têxtil-moda à peça (t-shirt), este grupo, nascido em 2009, tem hoje 200 pessoas e 24 linhas carrossel de impressão até 16 cores, com uma capacidade de produção de 6 milhões de impressões por ano. Com uma equipa jovem e motivada, orientada tecnologicamente, produzindo para a exportação em segmentos de mercado de alta exigência europeia, gosta de ser valorizado pelo seu slogan: Liderança, Força e Astúcia!

Altamente consciente das especificações de qualidade, o Grupo Fusão Print tem instaladas multitecnologias de impressão: Digital, Serigrafia e Transferes e no futuro também linhas híbridas de impressão (Digital + Serigrafia) a fim de serem capazes de satisfazer as necessidades do mercado.

Simplicidade serigráfica

Cedo investiram na tecnologia de pré-impressão CtS que lhes revelou ser a produção de quadros o ”engarrafamento” qualitativo e produtivo. Um sistema automático CtS em linha, juntando a tecnologia da Grünig e da SignTronic, permitiu ao Grupo Fusão Print estandardizar toda a pré-impressão serigráfica. A estandardização foi uma necessidade para minimizar o número de formatos dos quadros, assim como o número de telas. Os tempos de arranque foram reduzidos e a alimentação dos quadros, emulsionamento, secagem, exposição digital direta por luz, revelação, secagem e descarga final tudo realizado num processo automático e controlado por uma só pessoa. Juntamente com a resolução do problema da manufatura dos quadros, a estandardização também lhes garantiu a reprodução e repetibilidade. O engarrafamento produtivo mudou-se da preparação dos quadros para o departamento de imagem (uma mudança positiva) e a produção dos quadros passou a ser sem fotolitos, previsível, simples, rápida, sem processo de retoque, a baixo custo, aumentando a flexibilidade e a diferenciação ao nível do design para qualquer tipo de trabalho.

Departamento de impressão

Com as “amostras” a tornarem-se cada vez mais importantes para a têxtil-moda, o desenvolvimento de negócios do Grupo Fusão Print e a sua nova pré-impressão digital num conceito de automação permitiu-lhes separar o ID e as amostras da produção, como duas unidades e de custos diferentes. Como resultado da tecnologia CtS, os designers e decisores dos clientes da Fusão Print ficam normalmente a acompanhar os ensaios de impressão, já que a impressão e reimpressão é agora um processo rápido e fácil.

O Grupo Fusão Print escolheu a solução de RIP software da alemã ColorGATE para impressão serigráfica e impressão têxtil, num desenvolvimento pro CtS, permitindo-lhes todo o tipo de trabalhos com escala de pontos, do tradicional ao estocástico, para imagens fotográficas, tramas de meios tons, constância de degradé, 3D ou cores sólidas. Em combinação com a tecnologia CtS foi outro movimento para fazer a empresa ser mais rápida e mais flexível.

Automatic Stretching

A imagem, a pré-impressão dos quadros e a impressão devem trabalhar de mãos dadas e na Fusão Print é exatamente o que está em ação. Com o sector dos quadros totalmente sob controlo, os tempos de arranque das impressoras são cada vez mais evidentes em pequenas e médias tiragens, garantida a qualidade de impressão na reprodução das imagens original como o objetivo.

Essa é uma das razões pelo qual todos os investimentos recentes na empresa foram dedicados a linhas KTK de impressão t-shirt carrousell com o objetivo de dirigir os valores da tecnologia CtS para as linhas de impressão. Sendo que hoje a manufatura dos quadros para a estamparia têxtil à peça está totalmente controlada sob a tecnologia CtS em automação, então a impressão deve mostrar compromissos semelhantes.

Integrando sistemas de controlo por câmaras e servo motorização, sistemas de controlo precisos na cabeça de impressão, valores do fora de contacto, da angulação da racleta e alimentação de tinta, bem como ter a capacidade de imprimir facilmente com telas 140.31, com menos tinta e maior poupança energética, tudo o que trará benefícios futuros.

Objetivo

Para a Fusão Print, o foco está na tecnologia serigráfica para a têxtil-moda, não esquecendo todos os outros métodos de impressão e processos de revestimento, com investimentos em software de imagem e automação em todos os níveis do processo da empresa. Os empregados são uma equipa motivada, constantemente esforçados para a perfeição, beneficiando de uma formação contínua para melhorar as qualificações internas.

Investindo em tecnologias de automação, a empresa reforça o objetivo de simplificar o processo de impressão serigráfica.