Início Arquivo

Gucci fala de expectativas para 2001

O grupo italiano Gucci apresentou lucros no primeiro trimestre, mas situados abaixo das expectativas dos analistas, e reviu em baixa as suas previsões de resultados para o actual exercício. De acordo com a Gucci, as perdas na sua unidade Yves Saint Laurent, adquirida em finais de 1999 e o abrandamento das vendas nos Estados Unidos, justificam os resultados no primeiro trimestre do ano. Entre Janeiro e Março, as receitas do grupo especializado em artigos de luxo aumentaram em 5,5% para 559 milhões de dólares (131 milhões de contos), enquanto o lucro líquido ascendeu a 55,9 milhões de dólares (13 milhões de contos), um aumento de 20% comparativamente a igual período do ano passado. Os analistas esperavam que, no mesmo período de tempo, o lucro líquido da Gucci aumentasse 40%. As previsões dos resultados anuais, no que toca às receitas e ao lucro operacional, foram entretanto revistos em baixa pelo grupo italiano, sobretudo por causa dos custos inerentes à revitalização da Yves Saint Laurent. O prejuízo anual desta casa deverá subir dos 50 milhões inicialmente estimados para os 75 milhões de dólares (18 milhões de contos). O lucro operacional da Gucci para 2001 deverá atingir os 410 milhões de dólares (96 milhões de contos).