Início Arquivo

Harrods retoca a imagem

Cerca de um ano após a sua chegada ao comando do prestigiado armazém londrino Harrods, o francês Richard Simonin definiu o novo lema da casa de artigos de luxo: “Devolver o Harrods ao Harrods”.

O referido responsável assumiu as rédeas do Harrods num momento particularmente difícil da vida do famoso armazém da capital britânica, fundado em 1834 e detido pelo milionário egípcio Mohamed Al Fayed.

Com efeito, há um ano atrás, o Harrods marcava passo, minado pela crise de confiança no seu interior, e pela instabilidade da liderança, uma vez que em menos de três anos, haviam passado pelo cargo de director três pessoas.

Antigo director daLa Redoute, e tendo passado ainda pela direcção daKenzo e daEscada, Richard Simonin foi contratado pela sua longa experiência e conhecimento do sector dos artigos de luxo.

Pouco depois da sua entrada, o novo director do Harrods assumiu a sua aposta na renovação da imagem deste prestigiado templo do luxo, que passa pelo relançamento e projecção de uma ideia de liderança, prestígio e qualidade.

A par deste objectivo, o Harrods reformulou igualmente o seu espaçoDesigner Studio, zona tradicionalmente reservada aos artigos de nomes conceituados da moda internacional, como aGucci,Chanel eSonia Rykiel.