Início Notícias Marcas

Havaianas no museu

Os célebres chinelos brasileiros foram transformados em obras de arte pelas mãos do artista visual Diogo Machado, mais conhecido como Add Fuel. Resultante de uma colaboração inédita e com uma vertente solidária, a mostra da Havaianas está patente até dia 11 de dezembro no Museu Nacional do Azulejo.

[©Havaianas]

Add Fuel, que já viu o seu trabalho apresentado em exposições individuais e coletivas em galerias e museus de renome, desenvolveu dois padrões exclusivos, que têm como base um trabalho de pesquisa (formal e de construção) sobre azulejaria tradicional portuguesa de padrão e de onde nasceram os padrões Azslim e Aztop das Havaianas.

«O meu intuito com esta reinterpretação e desenvolvimento artístico é de transmitir algo muito mais humano – a capacidade de nos prendermos ao que é nosso, português e tradicional –, mas também explorar visualmente a capacidade tão humana de aceitamos a mudança», explica o artista visual.

O padrão Azslim tem por base o clássico e delicado Padrão Camélia (com data de criação entre 1660/1680) e conta com muitos mais detalhes e elementos inesperados. Já o padrão original sobre o qual AZTOP é baseado foi encontrado Rua do Arco da Graça, em Lisboa.

Estes dois modelos de chinelos da marca brasileira podem ser vistos no Museu Nacional do Azulejo, que alberga uma coleção de referência internacional e juntou esta que é também uma causa solidária, já que, durante a mostra, que estará patente até 11 de dezembro, ambos modelos serão leiloados na página de Instagram de Add Fuel. A base de licitação é de 1.500 euros.

O valor arrecadado será entregue na totalidade à Casa de Acolhimento Mão Amiga, que foi escolhida em conjunto pela marca brasileira e por Add Fuel, que procuram ajudar a organização no seu trabalho enquanto instituição e casa de acolhimento para crianças. Na exposição, encontra-se disponível um QR Code que remete para o leilão.

«Esta colaboração inédita com um artista português é a nossa homenagem a um mercado onde a Havaianas tem o estatuto de love brand, o que nos deixa muito orgulhosos», afirma Olenka Ibarretxe, diretora da Havaianas para o mercado ibérico. «O resultado final são duas obras de arte nas quais a Havaianas é parte integrante, permitindo-nos surpreender o consumidor e, ao mesmo tempo, poder apoiar uma instituição, o que torna esta iniciativa ainda mais especial», acrescenta.