Início Notícias Têxtil-Lar

Heimtextil 2018 quase esgotada

A feira de têxteis-lar realiza-se apenas em janeiro de 2018, mas quase pode já afixar lotação esgotada. Segundo a organização, 98% do espaço já está reservado e a próxima edição inclui uma forte presença portuguesa, onde se destaca a estreia das portuguesas Damaceno & Antunes e Allcost.

A mais de meio ano da abertura, e com a última edição ainda na memória de expositores e visitantes (ver Recorde português na Heimtextil), a feira de têxteis-lar organizada pela Messe Frankfurt prepara novo recorde para o próximo ano.

Vários expositores já anunciaram a vontade de regressar a Frankfurt de 9 a 12 de janeiro de 2018, garante a organização em comunicado. «Atualmente, 98% do espaço que tivemos na mais recente edição está já reservado. A enorme procura por parte dos nossos expositores deu-nos um impulso no que diz respeito ao planeamento da próxima Heimtextil. Acima de tudo, isto significa que vamos continuar a expandir a oferta de têxteis [no segmento] contract», afirma Olaf Schmidt, vice-presidente de têxteis e tecnologias têxteis na Messe Frankfurt.

Nesta área contract, a Heimtextil está a reforçar a sua posição como plataforma para soluções têxteis para hotéis e projetos de arquitetura, estando a programar várias apresentações, agrupadas no conceito “Interior.Architecture.Hospitality”, incluindo visitas guiadas especificamente para cada indústria, um guia especial de expositores e pontos de encontro onde arquitetos, designers de interiores e promotores de hotéis se podem reunir.

Estreias e regressos

No hall 11.0, dedicado ao segmento premium de têxteis-lar, onde expõe a maior parte dos expositores lusos, a organização destaca a estreia da portuguesa Allcost, que irá mostrar as suas propostas de roupa de cama de elevada qualidade. Aí terá também companhia de empresas como a suíça Meyer-Mayor, que regressa depois de 16 anos de ausência, da italiana Giuseppe Bellora, da marca de design sul-africana Hinterveld, da australiana Kas e da japonesa Marushin, entre as centenas de expositores presentes.

A área de materiais decorativos premium, no hall 3.1, está a registar uma forte procura e deverá contar, pela primeira vez, com a Damaceno & Antunes – Evo Interior Fabrics, de Portugal.

Já os tecidos para mobiliário terão um novo espaço de apresentação, dedicado às gamas de maior qualidade, que se irá estrear em 2018. A Textil Roig, de Espanha, apresenta-se pela primeira vez, contando com a companhia das regressadas Deltracon e Muvantex, da Bélgica, da Loro Piana e da Tali, de Itália, e da Renby, de Israel.

Este hall 4.2 irá também acolher, pela primeira vez em vários anos, a presença da Trevira, que irá estar representada numa mostra conjunta com os seus parceiros.

O segmento “tecnologia de estamparia digital”, que apresenta tecnologias para a indústria de têxteis-lar, está mais uma vez a atrair muita atenção, com a presença já confirmada da Hewlett Packard, Epson, Mimaki, Kornit e Reggiani.

Na edição deste ano, a Heimtextil, que se realizou de 10 a 13 de janeiro, contou com a presença de 2.963 expositores e cerca de 70 mil visitantes profissionais. De Portugal estiveram 81 expositores, que receberam a visita “especial” do Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, no dia 12 de janeiro.