Início Notícias Têxtil-Lar

Heimtextil com paragem em Guimarães

“O futuro é urbano” é o mote das tendências da Heimtextil para 2018/2019, que serão apresentadas no próximo dia 14 de setembro, no Centro Cultural Vila Flor. Uma antecipação que poderá ajudar as várias dezenas de empresas portuguesas a preparar a sua presença na feira de têxteis-lar de Frankfurt em janeiro do próximo ano.

Agendada para as 10h, a apresentação das tendências para 2018/2019 está a cargo da designer Anne Marie Commandeur, diretora do Stijlinstituut Amsterdam e membro do painel de tendências da Heimtextil, e terá a companhia da diretora da Heimtextil, Meike Kern, que irá revelar as novidades que esperam os milhares de visitantes (na edição deste ano, em janeiro, foram cerca de 69 mil profissionais, de 141 países).

As tendências da Heimtextil estarão disponíveis no Heimtextil Trendbook e ainda

no chamado Theme Park durante a Heimtextil, que se realiza de 9 a 12 de janeiro de 2018. «Os especialistas em tendências envolvidos foram capazes de dar à indústria internacional de interiores uma fonte de inspiração soberba para usarem nos seus desenvolvimentos de produtos. Com o novo Heimtextil Trendbook, produtores têxteis, designers e especialistas em mobiliário vão ter uma visão valiosa dos mais recentes desenvolvimentos no design», destaca, em comunicado, Olaf Schmidt, vice-presidente de têxteis e tecnologias têxteis na Messe Frankfurt.

Sob o tema “O futuro é urbano” (em inglês, “The future is urban”), o Heimtextil Trendtable – o comité que define as tendências e que agrega especialistas em design da Dinamarca, Alemanha, França, Reino Unido, Japão, Holanda e EUA e que nesta edição foi liderado pelo gabinete britânico FranklinTill – tentou projetar como os espaços da casa serão no futuro e antecipar a forma como as pessoas vão «viver, trabalhar, comprar e coabitar».

O resultado são quatro “espaços” diferentes, que deram origem a quatro tendências de lifestyle – “The flexible space”, “The healthy space”, “The re-made space” e “The maker space” – que Anne Marie Commandeur irá explicar ao pormenor em Guimarães.

A Cidade-Berço, de resto, estará bem representada na próxima Heimtextil, já que grande parte dos expositores portugueses estão sedeados na região de Guimarães. Até agora, e segundo a lista provisória disponibilizada pela Heimtextil, publicada a 15 de agosto, está confirmada a presença de 71 empresas lusas, entre as quais várias estreias, como a Damaceno & Antunes e a Allcost (ver Heimtextil 2018 quase esgotada).