Início Arquivo

Heimtextil em contagem decrescente

Durante quatro dias, os muitos milhares de visitantes esperados na Heimtextil vão poder descobrir as tendências, inovações e temáticas que marcarão o sector dos têxteis-lar ao longo de 2010. «É a primeira data importante na agenda do sector», afirma Olaf Schmidt. «Com uma variedade única de oferta, que cobre toda o portefólio de produtos têxteis para o lar e a decoração da casa, a Heimtextil aponta inovações e correntes de tendências actuais aos produtores, distribuidores e designers», acrescenta o vice-presidente das feiras têxteis da Messe Frankfurt, a entidade organizadora do certame. Portugal, um dos motores desta que é a maior feira dedicada aos têxteis para o lar e hotelaria, marca uma presença de peso, com 58 expositores reunindo uma vasta oferta de roupa de cama, mesa e banho, tecidos e acessórios de decoração. A Brás Antunes é uma das estreantes portuguesas na Heimtextil 2010. «Vamos dar especial destaque à nova colecção da nossa marca Bratun e lançar a nova marca Reverse, dedicada ao ambiente de interior, com propostas para almofadas, cortinas e outros elementos decorativos», revela Telma Fontes do departamento comercial da Brás Antunes. Outra estreante nacional é a empresa especialista em malhas de teia Fernando Valente que enceta, assim, um novo desafio ao explorar o universo dos têxteis-lar. Pela segunda vez consecutiva, a Associação Selectiva Moda organiza um fórum de tendências no coração da Heimtextil, que contará com a participação de 24 das empresas portuguesas que expõem no certame. O Fórum The Portuguese Home Tex’Style apresentará «propostas para dar novas respostas e desencadear novos comportamentos face às actuais preocupações económicas e ambientais para o Inverno 2010/2011», explica Helena de Matos do gabinete Dematos Design, responsável pelo projecto. Segundo a designer, as sugestões passam por duas respostas distintas mas complementares: por um lado, uma abordagem ao nível do design que evidencia o Natural, o Bucólico e o Rústico, aliando-os ao novo Eco-Luxo e a uma certa sofisticação; a outra abordagem tem características mais opulentas e ornamentais, onde o esplendor histórico surge em formas mais actuais, com uma atmosfera fantasista que mistura elementos mais clássicos e tradicionais com materiais e cores inovadoras. Para além da oferta dos expositores e dos fóruns de tendências, a Heimtextil propõe ainda um vasto rol de iniciativas. «Paralelamente à apresentação dos produtos, oferecemos numerosas mostras especiais de alto nível, direccionadas tanto para os visitantes como para os expositores. Além de um grande número de palestras informativas sobre temas da actualidade, a Heimtextil oferece ainda aos jovens criadores a oportunidade de tomar parte activa no evento através da participação em concursos internacionais», conclui Olaf Schmidt. Na edição do ano transacto, a Heimtextil acolheu 2.721 expositores vindos de 64 países e 74.000 visitantes de 121 países.