Início Destaques

Heimtextil regressa com reforço da sustentabilidade

A feira de têxteis-lar está de volta para uma edição nos moldes pré-pandemia, com mais de 2.200 expositores, dos quais 65 portugueses, prontos para mostrar muitas novidades. Consubstanciando o tema da sustentabilidade, que se traduz também nas tendências, a Heimtextil terá um Green Directory, uma Green Village e Green Tours.

Tendências Heimtextil 2023-2024 [©FranklinTill]

Agendada de 10 a 13 de janeiro de 2023, a Heimtextil conta atualmente com mais de 2.200 expositores de 50 países inscritos para esta que será a primeira edição nos moldes habituais – em junho teve uma edição especial, mais reduzida – da feira de têxteis-lar desde 2020.

«Os participantes da indústria estão corajosamente a responder aos grandes desafios e a usar a Heimtextil para internacionalizar ainda mais a sua clientela. Sob os atuais desafios do mercado, a indústria mostra um grande desejo por inspiração e novas abordagens a soluções, assim como por criar novas relações com clientes por todo o mundo. A Heimtextil 2023 fornece a gama perfeita de players relevantes do mercado e complementa os benefícios para os compradores com um extensivo programa de apoio», afirma a organização em comunicado.

Make Remake [©FranklinTill]
Em termos temáticos, a sustentabilidade será o assunto dominante. Os visitantes poderão consultar o chamado Green Directory, com uma seleção dos expositores mais “amigos do ambiente”, e visitar a chamada Green Village, que oferece uma plataforma de debate com os fornecedores de certificações. Há ainda as Green Tours que providenciam aos compradores uma visita guiada a expositores selecionados para compreenderem melhor as suas estratégias de sustentabilidade e os seus produtos.

Ainda neste âmbito, a Heimtextil volta a apresentar a Future Materials Library, integrada no espaço dedicado às tendências, com as inovações em materiais, com curadoria da agência FranklinTill, que é igualmente responsável pela apresentação das tendências da Heimtextil para 2023/2024.

As tendências para os próximos anos

Continuous [©FranklinTill]
Com o título Textiles Matter, as propostas da feira de têxteis-lar estão centradas na economia circular. «Num sistema circular, os materiais são repetidamente usados, num círculo de utilização que reduz dramaticamente o uso de recursos da Terra», aponta a Heimtextil.

O ciclo técnico aplica-se a materiais inorgânicos como a poliamida, poliéster, plástico e metal. «Estes podem ser reutilizados muitas vezes quando são reciclados de forma ótima, sem perda de qualidade», indica.

Já o ciclo biológico aplica-se a materiais orgânicos, provenientes da natureza, como o linho, juta e cânhamo, que podem ser devolvidos à Terra no fim do seu ciclo de vida útil.

From Earth [©FranklinTill]
«A circularidade está a ir além da experimentação de nicho para se tornar numa mudança genuína, acionável e empolgante que pode responder a muitos dos problemas da indústria. Está na altura de pensar circular…», refere a Heimtextil.

Esta é a base das quatro direções: Make and Remake, Continuous, From Earth e Nature Engineered.

Nature Engineered [©FranklinTill]
A primeira aborda como podemos estender a vida de materiais existentes e mostra como os têxteis reutilizados podem ser bonitos. Já Continuous destaca as abordagens inovadoras ao fecho de ciclo, juntamente com a regeneração de têxteis sem resíduos e produtos com ciclos de vida de baixo impacto. From Earth, por seu lado, explora o design têxtil que nos religa à natureza e revisita fibras e corantes naturais tradicionais. Por último, Nature Engineered revela como a natureza e a engenharia podem unir-se para criar têxteis e materiais que são, simultaneamente, inteligentes, funcionais e mais amigos do planeta.