Início Arquivo

Hugo Boss deixa linha Baldessarini

A empresa de artigos de luxo Hugo Boss vai parar de produzir e vender a colecção de vestuário para homem Baldessarini logo a seguir à entrega da colecção Primavera/Verão 2007 nas lojas. Mas as fragrâncias comercializadas pela Proctor & Gamble sob a marca Baldessarini não foram afectadas, afirmou Hugo Boss. O director de comunicação Philipp Wolff afirmou que: «nós decidimos que o negócio da Baldessarini não se integra no nosso grupo devido ao seu baixo volume. A nossa operação estratégica é desenhada para marcas com volumes mais elevados – com volume de negócios de 100 mil euros em vez dos 17 mil euros da Baldessarini». Philipp Wolff acrescentou ainda que «o negócio é grande e tem pessoas fantásticas por trás, mas não se adequa à nossa estratégia». Como parte do realinhamento da empresa, Wolff acrescentou ainda que irá aumentar a concentração na linha de mulher e no negócio de acessórios. O lançamento da Boss Selection correu muito bem, de acordo com Wolff, que confirmou o seu negócio deverá ser a partir de agora coberto pela Slection. Durante o seu primeiro ano, a Selection gerou vendas no valor de 20 mil euros. A empresa espera duplicar este valor dentro de três anos.A empresa não tem planos a curto prazo para mais nenhuma das suas linhas neste momento, afirma Wolff.