Início Destaques

Hyosung expande produção

A gigante sul-coreana está a expandir as suas unidades produtivas no Brasil e na Turquia. O objetivo da Hyosung é ser capaz de prestar um melhor serviço às marcas de vestuário que usam têxteis de performance produzidos na América do Sul e na Europa.

Creora Regen [©Hyosung]

A procura de elastano no mercado mundial de vestuário continua a crescer devido à popularidade do conforto e do athleisure, que tem sido a escolha das pessoas numa altura em que têm passado mais tempo em casa devido à pandemia, refere a Hyosung em comunicado. A empresa sul-coreana cita um estudo de abril da consultora Wood Makenzie que aponta para um aumento de 9% na procura por elastano – o que representa o triplo da taxa de crescimento da maioria das fibras têxteis, com aumentos de 2% a 3%.

Face a este cenário, a empresa decidiu expandir as unidades produtivas de elastano Creora em Araquari, no Brasil, e em Cerkezkoy, na Turquia. O projeto de expansão no Brasil, que deverá ficar concluído em meados de 2022, vai permitir aumentar a capacidade anual de produção de 12 mil para cerca de 22 mil toneladas.

Já na Turquia, o aumento da produção será de 25 mil para 40 mil toneladas e a conclusão do projeto está prevista para o terceiro trimestre do próximo ano.

Brasil [©Hyosung]
«Estamos orgulhosos por reforçar a nossa presença nos mercados têxteis premium da América do Sul e da Europa com a expansão das nossas fábricas no Brasil e na Turquia, que são bases de produção para os nossos clientes regionais sul-americanos e europeus», afirma Hyun-Joon Cho, presidente do conselho de administração da Hyosung. «Vamos apoiar estes mercados fornecendo-lhes inovação e soluções constantes, pelas quais a Hyosung é conhecida», acrescenta.

Inovar na sustentabilidade

Para garantir uma entrega mais rápida de produtos e reduzir a sua pegada de carbono, a Hyosung tem vindo a expandir a rede de produção para servir os clientes em cada um dos continentes praticamente desde a sua fundação, em 1992. Em 1999 expandiu-se para a China e atualmente conta com bases no Brasil, para servir as Américas, na Índia, para os mercados emergentes da Ásia, no Vietname, para o resto da Ásia, e na Turquia, para servir a Europa.

Atualmente, o grupo tem uma capacidade produtiva de cerca de 340 mil toneladas por ano, sendo líder na produção de elastano, com uma quota de mercado à volta de um terço do consumo mundial.

Em abril, a empresa apresentou, na Kingpins24, a Creora 3D Max, que confere aos artigos de denim elevada elasticidade e recuperação de forma, durabilidade, toque e aspeto natural e permite acabamentos amigos do ambiente e tratamentos laser. Já na Performance Days, que teve lugar a 9 e 10 de dezembro, a empresa sul-coreana revelou a sua oferta de fibras multifuncionais recicladas Creora Regen e Mipan Regen, assim como a coleção de fios sustentáveis Home Everywhere desenvolvidos em parceria com a Lenzing.

Turquia [©Hyosung]
«À medida que os consumidores procuram sustentabilidade, continuamos a expandir a nossa oferta de soluções amigas do ambiente para ajudar os nossos clientes a atingir os seus objetivos», explica Mike Simko, diretor-geral de marketing da Hyosung. «Esses objetivos podem variar de um foco na redução de resíduos à eliminação da utilização de recursos não renováveis, juntamente com muitos outros», aponta.