Início Notícias Vestuário

IFM no Porto para falar de sourcing

Os salários, as taxas de câmbio dólar-euro, a geopolítica e a gestão da cadeia de valor são alguns dos fatores que influenciam o sourcing na Europa, como demonstra um estudo do Institut Français de la Mode que será apresentado no Porto no próximo dia 12 de dezembro, na conferência “Design & Sourcing in Europe”.

O estudo “Sourcing Trends”, que será apresentado por Dominique Jacomet, presidente do Institut Français de la Mode (IFM) debruçou-se sobre as mudanças na geografia do sourcing de vestuário europeu e traz algumas conclusões relativamente ao aprovisionamento a curto, médio e longo prazo.

Dominique Jacomet irá igualmente revelar as conclusões do centro de estudos francês, um dos mais reputados a nível mundial, sobre o nearshoring, nomeadamente a revitalização da Zona Euromed (que inclui a bacia do Mediterrâneo) e as quotas de mercado da Ásia face a outros mercados de aprovisionamento, assim como as diferenças e semelhanças entre a situação na UE e nos EUA.

A intervenção do presidente do IFM está inserida na conferência “Design & Sourcing in Europe”, promovida pelo CENIT – Centro de Inteligência Têxtil em parceria com a ANIVEC – Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confecção, que se realiza no Palácio da Bolsa, no Porto, na próxima terça-feira, 12 de dezembro.

«As questões do sourcing são vitais para uma indústria como a portuguesa, que tem prosperado no private label com a aposta na qualidade e no serviço. Compreender o cenário europeu e mundial e as tendências que se perfilam no futuro é importante para que as empresas se possam preparar e usar da melhor forma as suas vantagens competitivas», justifica Manuel Lopes Teixeira, CEO do CENIT.

Além da intervenção de Dominique Jacomet sobre o tema “Sourcing: de volta à Europa?” (às 16h30), a conferência conta também com um painel dedicado a “Comprar na Europa”, com a participação de Lars Gotterup, buyer de moda na Win-Win Textiles, Margarida Nascimento, da divisão de moda Zippy Sonae, Pedro Nogueira, production country manager da H&M, e Alessandro Pane, diretor da cadeia de aprovisionamento da Alfred Dunhill, agendada para as 17h.

Antes há ainda tempo para um painel dedicado às escolas europeias de design de moda, onde estarão representadas a AMD München, da Alemanha, a La Cambre, da Bélgica, o IED Madrid, de Espanha, a Esmod, de França, e a Polimoda, de Itália, num painel moderado por Joana Barrios.

A sessão de abertura está a cargo de César Araújo, presidente da ANIVEC, e do Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, enquanto a sessão de encerramento será da responsabilidade de Manuel Lopes Teixeira e de Eurico Brilhante Dias, Secretário de Estado da Internacionalização.

A conferência tem entrada gratuita, mas está sujeita a inscrição, que pode ser feita aqui.

PROGRAMA

14h15 – Abertura

César Araújo, presidente da ANIVEC

Manuel Caldeira Cabral, Ministro da Economia (*)

14h30 – Fashion Design Schools in Europe

Ulrike Nägele, AMD München (Alemanha)

Pierre Daras, La Cambre (Bélgica)

Iván Soldo, IED Madrid (Espanha)

Edwin Hermel, Esmod (França)

Fabrice Charlot, Polimoda (Itália)

Chair: Joana Barrios

16h30 – Sourcing: Back to Europe?

Apresentação do estudo do Institut Français de la Mode (IFM) – “Sourcing Trends”

Dominique Jacomet, president do IFM

Chair: Isabel Cantista, professora universitária / CEO FFI – Fast Forward Innovation

16h45 – Coffee Break

17h00 – Buying In Europe 

Lars Gotterup, fashion buyer Win-Win Textiles

Margarida Nascimento, Fashion Division Zippy Sonae

Pedro Nogueira, Production Country Manager H&M

Alessandro Pane, Supply Chain Director Alfred Dunhill Ltd.

Chair: Manuel Lopes Teixeira, CEO do CENIT

18h30 – Encerramento

Manuel Lopes Teixeira, CEO do CENIT

Eurico Brilhante Dias, Secretário de Estado da Internacionalização (*)

(*) a confirmar