Início Destaques

Impetus expande fios E*Retrace

O grupo português juntou-se à espanhola Belda Lloréns para a produção de fios reciclados e rastreáveis E*Retrace com diferentes misturas, fabricados a partir dos seus próprios desperdícios, naquele que é mais um passo na estratégia de economia circular e de zero resíduos da Impetus.

Ricardo Figueiredo

O fio reciclado E*Retrace já não é uma novidade na Impetus, que tem vindo a fazer investimentos para reduzir a sua pegada ambiental. A empresa fundada em 1973 «aposta constantemente em novas tecnologias e materiais inovadores. Agora, e com o objetivo de reduzir a pegada ecológica, desenvolveu um fio feito com o próprio desperdício têxtil – E*Retrace», anuncia a Impetus em comunicado.

«Todos os fios E*Retrace têm incorporados o poder da tecnologia FibreTrace, que os torna totalmente rastreáveis, ou seja, todo o processo produtivo será completamente transparente, desde o fio ao produto final», explica Ricardo Figueiredo, administrador da Impetus, o que garante «que cada membro da cadeia de abastecimento têxtil tenha a capacidade de assumir responsabilidade direta para reduzir o impacto ambiental da indústria global».

E-Retrace® [©Impetus]
A especialista em roupa interior, que tem também procurado reforçar a aposta em I&D e na digitalização, implementou um sistema de separação automatizado de resíduos que lhe permite separar os excedentes das suas produções. Esses desperdícios são então enviados para a Belda Llórens, uma empresa espanhola que se afirma como pioneira na oferta de fiação sustentável, com uma pegada climática «praticamente zero», revela no seu website. A Belda Llórens, que produz o fio Ecolife, tem, por exemplo, painéis solares capazes de produzir 75% das suas necessidades de eletricidade.

Misturas várias e variadas

A parceria deu origem a uma coleção de fios com diferentes misturas, nomeadamente o E*Retrace30, um fio com 30% de fibra reciclada pós-industrial e 70% de Ecovero da Lenzing, que chegou ao mercado em 2021; o E*RetraceCO+, que a empresa refere ser o primeiro fio reciclado com algodão carbono positivo, produzido com 30% de fibra reciclada pós-industrial e 70% de algodão Good Earth Cotton; e o E*ReTrace100, um fio 100% reciclado, produzido com 30% de fibra reciclada pós-industrial e 70% de fibra reciclada pré/pós-consumo (viscose reciclada ou poliéster reciclado).

Os fios regressam à Impetus, que os transforma em malhas utilizadas nos produtos finais da empresa. «O nosso objetivo principal é contribuir para a economia circular e para o movimento zero waste, garantindo uma maior transparência e autenticidade em todo o processo produtivo», conclui Ricardo Figueiredo.