Início Notícias Vestuário

Inditex eleva para 7.799 as fábricas associadas

As fábricas dedicadas exclusivamente ao têxtil atingiram 7.799, um crescimento de 8%. Portugal é o maior fornecedor do grupo, com um total de 1.206 fábricas a produzirem para a dona da Zara, 751 das quais dedicadas à confeção.

[©Inditex]

O grupo Inditex, dono de insígnias como a Zara e a Massimo Dutti, continua a ampliar a sua rede pelo mundo e a consolidar-se como um gigante no universo da moda.  Presente em 96 mercados, através de mais de 7.400 lojas ou em 202 países se se tiver em contas as vendas online, a dimensão geográfica é ainda maior do lado da produção.

No final do exercício de 2019,  segundo escreve o jornal espanhol Cinco Días, o grupo Inditex contava com um total de 1.985 fornecedores responsáveis por  8.155 fábricas repartidas pelo mundo, o número mais alto registado num exercício pelo grupo espanhol.

«Um dos aspetos diferenciadores do nosso modelo de negócio é a nossa cadeia de fornecedores», descreve o relatório anual do grupo.

As fábricas dedicadas exclusivamente à indústria têxtil e vestuário cresceram para 7.799, mais 8% que no ano anterior. Já as fábricas e os fornecedores dedicados à categoria não têxtil também cresceram.

«A produção e o aprovisionamento realiza-se, em grande medida, em áreas próximas aos nossos centros de desenho, o que assegura a capacidade e a flexibilidade necessárias para adaptar a produção às tendências e à procura de mercado», aponta o documento.

Portugal é o maior fornecedor no espaço europeu

Por região, a Ásia lidera, tendo aglutinado 45% das fábricas e 55% dos fornecedores.

Na União Europeia ficam 27% das fábricas, sobretudo em Espanha e Portugal, que juntas aglutinam 80% das fábricas que trabalham para Inditex no espaço comunitário. Portugal detém um total de 1.206 fábricas, 751 das quais dedicadas à confeção. Espanha possui 506 centros de produção a trabalhar para a Inditex, num total de 205 fornecedores. Destas, 147 estavam dedicadas à confeção e 359 a outros processos, incluindo corte, tinturaria, estamparia e acabamentos.

[©Inditex]
Para além de Portugal e Espanha, também Marrocos, devido à proximidade, se assume como um importante polo de produção para o grupo fundado por Amancio Ortega, com 359 fábricas.

A Turquia, com 1.716 centros de produção, e a China constituem o maior cluster industrial do grupo espanhol.

No total, a cadeia de aprovisionamento da Inditex é composta por 12 clusters que «concentram 96% da produção total» da empresa. Os 12 clusters são, para além de Portugal, Espanha, Marrocos, Turquia e China, a India, Bangladesh, Paquistão, Vietname, Camboja, Brasil e Argentina. Entre todos, somavam, no final de 2019, mais de 2,6 milhões de trabalhadores.