Início Notícias Tendências

Instagram é a rede social preferencial dos jovens

De acordo com o estudo “Os Portugueses e as Redes Sociais” elaborado pela Marktest, o Instagram já é a rede social mais utilizada em Portugal pelos jovens com idades compreendidas entre os 15 e os 24 anos.

[©Pixabay]

«Os indicadores do estudo produzido pela Marktest desde 2011 revelam que, pela primeira vez em Portugal, o Facebook não é a rede mais utilizada nesta faixa etária. Mais, não só o Facebook (89,4%) foi destronado pelo Instagram (94,1%) no primeiro lugar entre utilizadores jovens de redes sociais, como caiu mesmo para a terceira posição, estando agora também atrás do WhatsApp (93,2%). Nesta faixa etária, o Instagram quase quadruplicou face a 2013 e o WhatsApp duplicou o seu valor relativamente a 2016. Neste momento, estas três redes registam valores muito aproximados no target referido», dá nota em comunicado a empresa de estudos de mercado.

Ainda assim, o Facebook continua a ser, em termos absolutos, a maior rede social em Portugal, com uma taxa de penetração de 94,4% junto dos utilizadores de redes sociais. Nas posições seguintes deste ranking surgem, por ordem, o WhatsApp, o Instagram, o Messenger e o YouTube.

Em matéria de notoriedade, o Facebook também continua a ser a rede social mais reconhecida de forma espontânea pelos portugueses, com um registo de 97,1%. Mas também neste critério, o Instagram tem encurtado a distância, estando já a apenas 9,2 pontos percentuais da liderança.

Aliás, a trajetória descendente do Facebook fica bem patente no facto de a notoriedade espontânea Top of Mind (ou seja, a primeira resposta dos inquiridos) desta rede ter caído dos 91,2% em 2011 para os 76,7% em 2022.

[©Pexels/Ron Lach]
Atrás do Facebook e do Instagram no ranking de redes mais reconhecidas pelos portugueses, o Twitter surge como a terceira rede social com maior notoriedade espontânea, tendo o TikTok subido este ano para a 4.ª posição, superando assim o WhatsApp, que passou a ocupar a última posição do Top5.

“Os Portugueses e as Redes Sociais” é um estudo realizado pela Marktest desde 2011, com o objetivo de conhecer índices de notoriedade, utilização, opinião e hábitos dos portugueses face às redes sociais. A informação foi recolhida através de entrevistas online, realizadas entre os dias 11 e 22 de julho de 2022, tendo por base um questionário de autopreenchimento. A amostra foi constituída por 800 entrevistas a indivíduos entre os 15 e os 64 anos, residentes em Portugal Continental e utilizadores de redes sociais. Este universo é estimado pelo estudo Bareme Internet da Marktest em 5.621 mil indivíduos.