Início Arquivo

Interdecoração 2002 com balanço positivo

A Interdecoração, Casa Decoração e Brinde, que decorreu na Exponor- Feira Internacional do Porto entre 31 de Janeiro e 3 de Fevereiro, superou as expectativas da organização e dos expositores, contrariando assim a conjuntura negativa de que todos falavam. Ao terceiro dia de feira, a Interdecoração conseguiu igualar o total de visitantes verificados no último dia do certame do ano passado. Os números falam por si e o certame aumentou visivelmente em número de visitantes. Assim, nos quatro dias de feira, a Interdecoração aumentou consideravelmente o número de visitantes, registando cerca de 60% mais do que na edição anterior. Com mais 5.000 m2 de área total, o certame contou com a presença de 570 expositores. A Interdecoração 2002 foi também um espaço de reflexão e debate, promovendo a conferência “A importância da cor na decoração de interiores”, apresentada por Anabela Oliveira, do Atelier de Formação Profissional Decoração de Interiores. Nesta palestra, Anabela Oliveira alertou a plateia para a importância da cor no quotidiano: «Noventa por cento das nossas reacções às pessoas e aos espaços são condicionadas pela cor». A oradora chamou ainda à atenção para a manipulação que muitos de nós sofremos no dia-a-dia, dando como exemplo as cores agressivas que são usadas em muitos produtos e campanhas publicitárias. Reunidas as condições ideias para a realização de excelentes negócios, os expositores ficaram satisfeitos com as vendas atingidas: «Em relação ao volume de negócios, tivemos um crescimento de 100%. Em dois dias de feira, conseguimos vender o mesmo que no total do ano passado, afirmou Rui Torroso, da Mobiramos, que expõe na Interdecoração pelo segundo ano consecutivo. Também a Pórtico, uma das empresas espanholas presentes na Interdecoração, ficou satisfeita com a participação no certame. Aliás desde a primeira edição que esta empresa se faz representar. Emídio Castro partilha a opinião de Rui Torroso, acrescentando que “a feira correu muito bem, não estávamos a espera, tendo em atenção a actual conjuntura”. Carlos Borges, da Transafrica, realça outro aspecto importante da feira: a imagem dos stands. “As empresas apostam cada vez mais na estética dos stands. Isso é visível na Interdecoração”. Contabilizando somente quatro edições, a Interdecoração caminha a passos largos para a consolidação. Com mais área vendida e mais expositores, a edição deste ano atraiu também mais visitantes estrangeiros.