Início Arquivo

Intersélection plus fort

Intersélection, o Salão das Culturas de Moda, registou a visita de 7.308 compradores durante esta edição, ou seja, uma progressão de 21% em relação a Maio de 2000. Foram cerca de 5.619 os compradores franceses a comparecer neste Salão, marcando assim um aumento de 25,8%. Em relação aos compradores estrangeiros, o crescimento esteve na ordem dos 7,5%, ou seja, 1.689.

 

Com mais 10% de expositores do que em Novembro de 2000, o Intersélection ilustra assim a nova mensagem do salão junto dos compradores da distribuição organizada europeia, ou seja, criação, serviços e sourcing.

 

Cerca de 376 expositores europeus dos diversos sectores de pronto-a-vestir e acessórios, da lingerie, do calçado e meias, apresentaram entre os dias 15 e 17 de Maio em Paris, as suas novidades em matéria de moda e serviços.

 

Vindo principalmente de Itália, Bélgica, Portugal, Espanha e Tunísia, 42% eram expositores estrangeiros.

 

Tendo os pontos fortes do salão recaído sobre a moda «young fashion» (48 expositores) e a malha (58 expositores), a transversalidade do universo feminino, com 400 colecções no total, foi reforçada pelo conjunto dos sectores de pronto-a-vestir, lingerie/banho, meias, calçado e acessórios de moda.

 

Por sector, as colecções foram divididas em 51 de acessórios de moda, 58 de lingerie/banho, 15 de meias, 25 de calçado, 62 de moda infantil, 52 de moda masculina, 168 de moda feminina e 18 colecções de tecidos.

 

A frequência dos visitantes internacionais ilustra-se por uma progressão de 14,3% da Europa do Norte com uma participação dos países escandinavos que quase duplicou: Dinamarca (36), Noruega (18), Suécia (17) e Finlândia (62).

 

Nos próximos dias 6,7 e 8 de Novembro, novamente em Paris, a Fatex, Sourcing Trade Fair vai conjuntamente com a Intersélection, realizar uma mostra que terá como objectivo apresentar uma verdadeira oferta global aos profissionais da moda, do têxtil e do vestuário.

 

Durante três dias os compradores de moda, chefes de produto, directores industriais ou estilistas, terão à sua disposição um vasto leque de competências que respondem às suas necessidades de multiplicidade de métodos e de fontes de fornecimento.

 

Desta forma, os interessados vão poder seleccionar e comprar modelos e colecções e mandar fabricar, na Europa ou internacionalmente, as suas próprias gamas de produtos a curto ou longo prazo.

 

A aliança Fatex e Intersélection, vai permitir optimizar todas as combinações ganhadoras de sourcing para estar em sintonia com as exigências actuais do mercado.