Início Notícias Mercados

Investimento procura-se

O Haiti está a investir arduamente na renovação da legislação de comércio livre com os EUA e a reforçar o investimento na indústria têxtil e vestuário do país, eixo essencial da economia nacional.

Image #: 19832157 Factory workers sew garments at the Caracol Industrial Park complex in Caracol October 22, 2012. U.S. Secretary of State Hillary Clinton presided over the opening of the $300 million industrial park in Haiti on Monday, a venture led by a South Korea textile company that could bring thousands of jobs to the poorest country in the Americas. REUTERS/Swoan Parker (HAITI - Tags: BUSINESS INDUSTRIAL TEXTILE POLITICS) REUTERS /SWOAN PARKER /LANDOV

Um acordo firmado pelo Centro para a Facilitação do Investimento (CFI) e pela Associação das Indústrias do Haiti (ADHI) definiu que o Banco Interamericano de Desenvolvimento (IADB) irá apoiar os dois grupos na renovação da legislação HOPE II e HELP nos EUA. O HOPE II (Oportunidade Hemisférica através do Incentivo à Parceria) e o HELP (Programa de Crescimento Económico do Haiti) garantem o acesso livre ao mercado americano, isentando de taxas alfandegárias um substancial número de bens têxteis e vestuário.

Esta legislação e benefícios resultantes estão na origem da preferência do país por muitos investidores. A legislação, que permitirá a extensão dos programas haitianos HOPE e HELP por um período de 10 anos, até 30 de setembro de 2025, está incluída no pacote de leis aprovadas pelo Senado americano no final do mês de maio. Aguarda agora consideração pela Câmara dos Representantes.

Norma Powell, diretora-geral do CFI, adiantou que o grupo está confiante na aprovação da extensão dos programas até 2025. Nos sete anos que decorreram entre 2006 e 2013, os programas HOPE II e HELP conduziram a um aumento de 78% do PIB nacional, transitando de 4,8 mil milhões de dólares (cerca de 4,28 mil milhões de euros) para 8,4 mil milhões de dólares, de acordo com dados divulgados pelo CFI.

As exportações duplicaram no decorrer desse período, aumentando 52% desde o terramoto que atingiu o país em 2010. Cerca de 90% desse crescimento foi impulsionado pelas exportações de vestuário para os EUA. O emprego no sector também duplicou, de 17.000 funcionários para quase 35.000. «Estamos muito agradecidos por todo o trabalho que tem sido feito para apoiar a renovação urgente da legislação HOPE II e HELP», afirmou Powell. «Desde os importantes esforços do nosso Presidente, Michael Joseph Martelly, que tem incitado continuamente os EUA a renovarem a legislação, ao apoio do Ministério das Finanças, temos a sorte de ter uma frente forte e unida no apoio à extensão das leis. Agora, com o apoio do IADB, estamos confiantes de que o CFI e o ADIH serão capazes de continuar os esforços para a renovação da legislação», resumiu.