Início Notícias Mercados

ISAF recupera com formato híbrido

A Intertextile Shanghai Apparel Fabrics regressa de 10 a 12 de março para a edição de primavera. A feira de tecidos continua a apostar num formato híbrido para que, através das soluções digitais que completam o formato físico, seja possível promover as negociações no mercado têxtil, que já deu sinais de recuperação.

[©Intertextile Shanghai Apparel Fabrics]

Depois da edição de outono, a feira a cargo da Messe Frankfurt (HK) prepara-se para abrir as portas do Centro Nacional de Exposições e Convenções de Xangai em março, revelando as tendências do sector. À semelhança do que aconteceu na edição anterior, a feira prossegue num formato híbrido que disponibiliza várias plataformas digitais, que procuram apoiar os expositores no que diz respeito às oportunidades de negócios.

A última Intertextile Shanghai Apparel Fabrics em setembro de 2020, contou com a presença de quase 3.400 expositores, provenientes de 20 países diferentes, e mais de 73.500 visitantes, o que ilustra a recuperação do mercado têxtil chinês. Durante o certame, estabeleceram-se mais de 240 reuniões virtuais através da plataforma Connect PLUS e do programa de correspondência de negócios VIP.

«Como principal feira da indústria têxtil e vestuário global, a edição de primavera da Intertextile Apparel em 2021 vai continuar a servir como uma plataforma de sourcing confiável, tanto física como virtualmente, para o sector se conectar e recuperar», afirma Wendy Wen, diretora-geral sénior da Messe Frankfurt (HK). «Com as restrições de viagens ainda em vigor em muitos países e regiões, as soluções digitais e o formato híbrido da feira são essenciais para facilitar o processo de sourcing dos fornecedores e compradores. Esperamos que os expositores internacionais se juntem a nós através dos formatos local ou online, permitindo-lhes tirar vantagens das oportunidades oferecidas pelo mercado têxtil chinês em recuperação», explica.

Melhorias assinaladas

A mostrar também sinais de melhoria, como acontece com o mercado têxtil chinês, está a confiança dos consumidores, que começa a recuperar dos efeitos da pandemia, bem como a produção industrial, que se mantém forte.

[©Intertextile Shanghai Apparel Fabrics]
Segundo um estudo da McKinsey, o otimismo dos consumidores é agora de 54%, o maior valor registado, comparativamente com os inquiridos da análise de outros países. De acordo com a organização, a recuperação económica e a retoma da procura do consumidor foram também sentidas pelos expositores que integraram a última edição do certame e que consideraram a participação no evento fundamental para compensar os negócios perdidos com a crise pandémica.

«A Intertextile é uma ótima forma para nos reconectarmos com a indústria têxtil. Só no primeiro dia conseguimos 35 contactos para novos tecidos e conhecemos 10 marcas novas e, podemos dizer com segurança, que respondemos às nossas expectativas. Mais importante ainda, tem muita gente, o que significa que as pessoas não têm medo de deslocar-se internamente, o que é um bom sinal. A abertura com sucesso da Intertextile, conforme o planeado, é um bom começo, o que indica que o mercado está gradualmente a voltar ao normal», referiu Steve Stewart, vice-presidente de vestuário da Lycra, na Ásia, durante a edição de outono da Intertextile Shanghai Apparel Fabrics.

Maximizar oportunidades

O formato híbrido da feira oferece aos expositores que não podem estar presentes, devido às restrições da Covid-19, a possibilidade de expor os respetivos produtos com equipamento audiovisual, que permite que os compradores possam ter a experiência de tocar e sentir os artigos no local. Estes expositores podem, mesmo assim, comunicar online com os compradores locais, através de mensagens, videochamada e da ferramenta de correspondência de negócios online Connect PLUS que estará disponível antes, durante e depois da realização da Intertextile Shanghai Apparel Fabrics.

[©Intertextile Shanghai Apparel Fabrics]
De modo a que os compradores encontrem as necessidades específicas mais rapidamente, a organização optou por organizar os produtos por áreas e regiões sendo elas Country & region pavilions, Accessories Vision, All About Sustainability, Beyond Denim, Digital Printing Zone, Functional Lab, Premium Wool Zone, SalonEurope e Verve for Design.

Para os expositores que pretendem saber mais sobre as últimas tendências da indústria, a feira terá disponível um programa de eventos que engloba o Intertextile Directions Trend Forum e o Fabrics China Trend Forum, assim como vários seminários, debates e apresentações de produtos que oferecem uma visão sobre o pós-pandemia no mercado têxtil chinês e de todo o mundo.

De 10 a 12 de março de 2021, a Intertextile Shanghai Apparel Fabrics está de volta também com a Intertextile Shanghai Home Textiles, Yarn Expo Spring, CHIC e a PH Value, o que «maximiza as oportunidades para os expositores e visitantes», garante a Messe Frankfurt (HK).