Início Destaques

ISPO Munich avança só no digital

A impossibilidade de cumprir as expectativas habituais levou a organização da feira de desporto a tomar a decisão de deixar cair a versão física e prosseguir somente com a edição online. As datas foram alteradas para 1 a 5 de fevereiro e, pela primeira vez, os consumidores finais poderão ter acesso ao certame.

[©Messe München GmbH]

Para a Messe München, esta é a forma possível de contornar as restrições de viagens e abrir as portas da feira a participantes de todo o mundo, ao mesmo tempo que permite aos expositores inovarem na sua forma de apresentação.

A decisão, garante em comunicado Klaus Dittrich, presidente do conselho de administração e CEO da Messe München, não foi fácil, mas foi um passo lógico para o certame, que na última edição, em janeiro deste ano, contou com 2.850 expositores e 80 mil visitantes. «Tanto os clientes como nós, enquanto anfitriões, temos elevadas expectativas para a internacionalidade e qualidade da ISPO Munich. Sob as atuais condições, não podemos cumprir essas expectativas. Com a ISPO Munich Online, estamos a permitir a participação no certame de todos os clientes de todo o mundo. Ao mesmo tempo, podemos criar formatos que integrem novos grupos-alvo. Tenho a certeza que em fevereiro vamos experienciar um evento que vai oferecer debates digitais do mais alto calibre para a indústria», afirma.

Klaus Dittrich [©Messe München GmbH]
No centro do evento digital – que em parte estava já programado, uma vez que a ISPO Munich tinha já anunciado uma edição híbrida no início deste mês – estarão tópicos centrais ligados à criatividade, digitalização, saúde e sustentabilidade. O programa da ISPO Munich Online pretende oferecer «inúmeras oportunidades para discussão e interação», nomeadamente a importância do desporto e de atividades de outdoor e a sua ligação com a saúde, que aumentaram desde o início da pandemia.

«Nos últimos 10 anos, a ISPO construiu uma vasta competência e abrangência digital. Vamos usar isto agora para oferecer um evento online para benefício de todos os participantes. Estamos satisfeitos por os nossos planos para o evento digital terem sido tão bem recebidos», indica Jeanette Friedrich, diretora global do grupo ISPO.

Consumidores finais presentes

Pela primeira vez, os consumidores finais terão uma oportunidade de vivenciar a ISPO Munich, com acesso a “salas” de marcas para apresentação de produtos, workshops e masterclasses, o que, por sua vez, dará às empresas um contacto mais próximo com os utilizadores dos seus produtos.

Os expositores poderão, de resto, escolher entre diferentes pacotes de participação, que poderá variar entre uma mais simples mostra de produtos até a uma presença como parceiro da ISPO Munich, que garante, entre outras coisas, uma intervenção no “palco principal”.

ISPO Re.Start Days [©Messe München GmbH]
Um conjunto de iniciativas digitais que, acredita a organização, tem tudo para ser bem sucedida, até pela experiência anterior com a Ispo Re.Start Days, que decorreu em julho. «As experiências com a ISPO Re.Start Days vão ajudar-nos muito a melhorar o formato online para a ISPO Munich em fevereiro e a responder às necessidades de cada participante. O nosso objetivo – mesmo nestes tempos incertos – é oferecer a melhor plataforma para o crescimento e nova inspiração», resume Klaus Dittrich.