Início Arquivo

ITV indiana vira-se para outros mercados

Com a procura em queda nos seus principais mercados de exportação, Estados Unidos e União Europeia, a Indústria Têxtil e do Vestuário (ITV) indiana está a virar a sua atenção para outros mercados. Com apenas 4% das exportações da ITV indiana dirigidas para mercados como o Japão, a áfrica do Sul e a América Latina, o potencial desses países e regiões está a atrair os esforços daquela indústria. A dependência da ITV indiana face aos mercados tradicionais, onde por exemplo o mercado americano representa cerca de 20% das exportações têxteis e 33% das exportações de vestuário do país, tem levado à tomada de medidas, por parte das empresas e das associações empresariais, que visam aumentar a sua competitividade face a outros países fornecedores, como é o caso da China e do Bangladesh. Apesar de haver a expectativa de uma melhoria da procura nos principais mercados, os responsáveis indianos são peremptórios nas medidas a tomar. Estamos extremamente dependentes dos mercados europeu e americano. Para competir com a China e o Bangladesh, necessitamos de aumentar as nossas exportações para o Japão, áfrica do Sul e países da América Latina», afirmou Vimal Kirti Singh, secretário-geral do Conselho para a Promoção das Exportações de Vestuário (AEPC). A AEPC está a actuar como facilitador das exportações para esses mercados, através da organização de reuniões de negócios. A primeira reunião, que ocorreu na áfrica do Sul o mês passado, reuniu 36 exportadores indianos que realizaram negócios na ordem dos 2 milhões de dólares, de acordo com o representante do organismo. Os próximos encontros ocorrerão em Julho no Japão e no Brasil. Tendo em conta o momento actual de recessão, estes encontros apresentarão os nossos exportadores aos compradores desses mercados e ajudarão a reduzir a nossa dependência face aos Estados Unidos da América e face à União Europeia», concluiu Singh.