Início Notícias Têxtil

ITV já tem guia para diligência

O Dutch Agreement on Sustainable Garments and Textile criou um documento abrangente que ajuda as empresas da indústria têxtil e vestuário a adotar uma conduta de negócio responsável em preparação para a nova legislação europeia sobre o dever de diligência.

O documento , que está disponível online, contém ligações para informação, exemplos práticos de empresas e explicações de termos que o tornam útil também para empresas de outros sectores que estejam a dar passos no dever de diligência no âmbito da responsabilidade corporativa.

Informação relevante depois da Comissão Europeia ter adotado uma proposta para uma diretiva sobre o dever de diligência, que significa que as marcas que vendem ou operam no bloco económico europeu serão responsabilizadas pelo impacto das suas operações no ambiente e nas pessoas que trabalham nas suas cadeias de aprovisionamento.

O “Practical guide for companies on IRBC and OECD due diligence”, como foi batizado, foi a base da avaliação anual de empresas que participaram no Dutch Agreement on Sustainable Garments and Textile, uma iniciativa que decorreu durante mais de cinco anos e terminou em dezembro do ano passado.

Avaliação da OCDE

As diretrizes apresentadas, que foram avaliadas positivamente pela OCDE – Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico, implementam as direções do dever de diligência da OCDE de uma forma prática através de um extenso questionário, explica um artigo do Just Style. Isto significa que as empresas identificam, evitam e mitigam potenciais riscos na sua cadeia de aprovisionamento e estabelecem como podem lidar com esses riscos.

Estas diretrizes clarificam o que uma empresa deve fazer primeiro, porque é que é relevante, que ferramentas são úteis e que entidades podem ajudar.

O Dutch Agreement on Sustainable Garments and Textile afirma que empresas de todos os sectores podem usar este documento como base, uma vez que aborda os princípios de um bom sistema para efetuar diligências.

No final do mês passado, a Laudes Foundation lançou a plataforma The Transparency in Action, um recurso gratuito pensado para ajudar as marcas de moda em todo o mundo a compreender o papel da transparência para melhorar a performance e a divulgação da sua própria informação, assim como a adaptar-se à nova legislação.