Início Notícias Têxtil

ITV portuguesa visita Galiza

Vigo recebe hoje uma delegação de empresários portugueses da indústria têxtil e vestuário para uma “Jornada Reforço Cluster Têxtil Moda Transfronteiriço” com o objetivo de promover a colaboração entre as instituições do sector dos dois lados do Rio Minho.

A visita dos empresários portugueses é promovida pelo Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galiza-Norte de Portugal e, segundo o comunicado da ATP, «nasce do protocolo de cooperação, assinado em julho de 2014, entre a Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP) e o Cluster Gallego Téxtil Moda – Confederación de Industriales Téxtiles de Galícia (Cointega) com a Comunidade de Trabalho Galiza-Norte de Portugal, atualmente dirigida pelo presidente da CCDR-N».

A comitiva portuguesa irá reunir-se na TexVigo a partir das 11h30 (10h30 em Portugal), onde vai contactar com as empresas sediadas no Parque Empresarial do Sector Têxtil Galego. «Atualmente, estão sediados na TexVigo mais de 50 negócios, espalhados ao longo de 100 mil m2 e 44 pavilhões. Será neste recinto que a comitiva portuguesa vai poder contactar de perto com as empresas têxteis galegas para futuras parcerias, troca de conhecimentos ou até mesmo ajudas mútuas», destaca, no comunicado, Paulo Vaz, diretor-geral da ATP. O evento, que irá decorrer sob o mote “Jornada Reforço Cluster Têxtil Moda Transfronteiriço”, pretende promover a cooperação entre a indústria têxtil, de vestuário e moda da Galiza e do Norte de Portugal, «através de um melhor conhecimento mútuo das entidades públicas, das empresas de ambas as regiões e dos centros de competências de apoio ao sector, constituindo a oportunidade ideal para gerar sinergias e fortalecer a cadeia de valor na área “têxtil-moda” na Euroregião, alinhadas com a estratégia de crescimento Europa 2020», considera Paulo Vaz.

O sector têxtil representa atualmente cerca de 12 mil empresas na eurorregião Norte da Portugal-Galiza e, por isso, é uma prioridade para o Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galiza-Norte de Portugal, uma entidade criada em 2010, constituída pela Xunta de Galicia e pela CCDR-N, com o objetivo de operacionalizar as políticas públicas de cooperação entre estas duas regiões. Em janeiro passado, foi uma delegação de empresários galegos que esteve no Norte de Portugal, com visitas à Empresa Têxtil Nortenha e Pizarro (ver Jornal Têxtil n.º 192/fevereiro 2015), assim como às instalações do Citeve e do Centi (ver O têxtil do século XXI).

Para além de diversas empresas portuguesas de toda a fileira, como retalho, tinturaria e produção têxtil, estarão ainda em Vigo representantes de diversas entidades nacionais ligadas ao sector, nomeadamente a Associação Selectiva Moda, o centro de formação Modatex e a Adrave – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, assim como de instituições como o Citeve e a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão. Do programa, que começa na sede do Cointega, fazem parte encontros bilaterais de negócios entre as empresas portuguesas e galegas e um almoço de networking.