Início Destaques

ITV regressa às feiras físicas

As feiras de moda infantil Baby Kid + FIMI são a próxima paragem marcada no calendário do projeto de internacionalização 100% ModaPortugal do CENIT, num périplo que este ano começou em Itália, com a Pitti Bimbo e Pitti Uomo, e que já passou por várias cidades na Europa e na América.

Baby Kid + FIMI - janeiro 2020 [©Feria Valencia/Marcos Soria]

As feiras espanholas realizam-se de 17 a 19 de fevereiro e ocuparão uma área de 12.500 metros quadrados, com a organização a dar conta de 100% de ocupação e de uma lista de visitantes registados que supera já os 3.100 profissionais. Um total de 261 expositores estarão presentes, entre os quais seis portugueses. Beppi, Play Up, Snug e Somani participam nos certames com o apoio do 100% Moda Portugal, o projeto conjunto de internacionalização do CENIT/ANIVEC, sendo que a Somani «participará na nova área criada para sourcing de vestuário infantil, denominada Alameda Sourcing», destaca Marlene Oliveira, head of international unit do CENIT. Além destas, estão ainda, de Portugal, a Dreamtoys e a FS Baby.

«A Baby Kid Spain + FIMI é o ponto de encontro para as empresas, agentes e lojas e os números confirmados de participação corroboram isto», afirma Álvaros Toubes, presidente da ASEPRI – Asociación Española de Productos para la Infancia, que acrescenta que «nesta edição do evento anual para moda e calçado de criança, cuidados infantis e brinquedos, estaremos mais juntos, seremos mais fortes e vamos conseguir os nossos objetivos». A organização espera «visitas importantes de compradores e grupos de compradores para moda, calçado e cuidados de criança» e destaca a relevância de reunir todas as áreas deste sector: «estaremos em total época de vendas, com muitos negócios para fazer e muitos novos fornecedores para conhecer. As marcas expositoras irão reforçar a nossa imagem e expandir o nosso negócio graças a novos clientes». Além disso, sublinha Álvaros Toubes, «não podemos esquecer o lado humano, já que a feira se avizinha como uma oportunidade para nos encontrarmos novamente, falar com colegas, descobrir novas propostas e ver a receção de produtos e coleções».

Da Europa à América do Sul

Esta será a próxima viagem num périplo iniciado no início do ano e que já atravessou o Atlântico. A primeira paragem foi em Florença, Itália, na Pitti Bimbi, dedicada à moda infantil, e na Pitti Uomo, dedicada à moda masculina.

Vandoma na Pitti Uomo [©Vandoma]
Baby Gi, M’A Kids, Play Up, Snug, Heel Tread e Vandoma foram as marcas portuguesas apoiadas pelo 100% ModaPortugal nestes certames, que acolheram cerca de 4.900 visitantes profissionais entre 11 e 13 de janeiro.

M’A Kids na Pitti Bimbo [©M’A Kids]
«A Pitti fez um trabalho fantástico a chamar a atenção para as marcas, especialmente as novas e originais como a nossa. Com sessões fotográficas, vídeos e entrevistas, tivemos muita visibilidade e vários bons contactos», referiu um responsável da M’A Kids, a marca para os mais pequenos da dupla Marques’Almeida, citado pela organização da Pitti.

O projeto de internacionalização viajou depois para França entre 29 e 31 de janeiro, para a feira infantil Playtime Paris, onde participaram a M’A Kids, a Play Up e a Pukatuka, e para o Reino Unido a 30 e 31 de janeiro, para a Indx Kids, onde estiveram a Baby Gi, a Bogoleta, a Meia Pata e a Wedoble.

Wedoble na Indx Kids [©Wedoble]
Já na Première Vision Manufacturing, que decorreu de 8 a 10 de fevereiro em Paris, o 100% ModaPortugal apoiou as empresas de confeção Dicasi Brands, LaGofra, Marfel, Somani e António Manuel de Sousa.

A decorrer atualmente, a Project Las Vegas conta com a presença da Heel Tread, Imago, Inimigo e Le Monsieur apoiadas pelo projeto. «A participação da Inimigo foi bastante atribulada nas duas últimas feiras devido as todas as restrições da pandemia, mas não desistimos e prometemos trabalhar sempre mais e melhor», afirma a marca em comunicado.

Imagem da Inimigo para a Project Las Vegas [©Inimigo]
A nova coleção está igualmente marcada pela pandemia, mas também pela crise climática, «temas que colocaram o foco dos consumidores nos cuidados com a saúde, padrões de trabalho híbrido, digitalização e sustentabilidade», destaca. Para responder «aos medos e preocupações dos seus consumidores», a Inimigo aposta numa paleta de cores que «transparecem tranquilidade, confiança e harmonia necessária para enfrentar os próximos tempos» e «passou a incorporar uma alfaiataria descontraída e malhas contemporâneas com designs minimalistas e reconfortantes. Um vestuário versátil adaptado a qualquer momento do dia, seja um ambiente casual, business ou festivo», sustenta.

Já a Le Monsieur, que está na Project Las Vegas pela segunda vez, vai mostrar um novo perfume, batizado Blue Leather, e uma coleção de moda com pormenores e detalhes que, garante a marca, «farão qualquer pessoa perceber a ligação entre o mundo da cosmética e do vestuário». De acordo com a Le Monsieur, «esta nova coleção simboliza o Homem que nasceu para ser seguido, que enfrenta tudo por aquilo que acredita e que não impõe limites à sua criatividade. Para este tipo de pessoa, qualquer situação é de total conforto uma vez que, com a subtileza e delicadeza de um gentleman, sabe como se adaptar e que postura tomar perante novos desafios».

A Project Las Vegas decorre até amanhã, 16 de fevereiro.