Início Arquivo

IVN adquire Mustang Portuguesa

A empresa Irmãos Vila Nova (IVN), que se dedica à produção e comercialização da marca Salsa, com sede em V. N. de Famalicão, expandiu a sua capacidade de produção em mais de 4.000 Jeans diários, através da aquisição da unidade industrial da Mustang Alemã, localizada em Arcozelo, Vila Nova de Gaia – Mustang Portuguesa – Fábrica de Confecções, Lda. “A Mustang procurou nos últimos 5 anos manter os custos de produção, não sendo esta tentativa tão viável em Portugal, devido ao crescimento significativo da economia, facto que não se verificou em tão grande escala, em países mais próximos da Alemanha, com mão-de-obra mais acessível” adianta a gerência da IVN. Devido ao seu alto nível de exigência em termos de qualidade, a IVN que opera em 22 lojas próprias concentradas nos principais centros comerciais do país, caminhando para a vizinha Espanha (Madrid e Barcelona) em Setembro do corrente ano, aposta fortemente em ir ao encontro das necessidades dos seus clientes de um segmento médio-alto, os quais privilegiam a qualidade acima do custo, não atribuindo a IVN tanta relevância aos custos de produção, comparativamente com a Mustang. Como resultado final desta aquisição, revelou-se uma boa oportunidade para ambas as empresas. A Sociedade Alemã pretendia prescindir da sua produção em Portugal por um lado, e por outro a empresa Portuguesa em resposta à sua forte expansão nos últimos 3 anos, tinha necessidade de aumentar a sua capacidade de produção, aliada ao design e à necessidade de rapidez de resposta, mantendo o nível de qualidade a que os seus clientes estão habituados. Como referiu a gerência da IVN “A preocupação da empresa Alemã era não encerrar as portas de uma unidade produtiva rentável e na qual tinha procurado desenvolver e atingir os mais altos níveis de qualidade de produção de Jeans, sabendo de antemão que poderia haver em Portugal empresas com uma necessidade de produção idêntica. De facto, a IVN, uma vez que havia optado por subcontratar toda a sua produção, deparou-se com o número limitado de empresas capazes de corresponder às quantidades e altos padrões de qualidade exigíveis pelos Jeans da marca Salsa, vendo na unidade industrial da Mustang Portuguesa, uma resposta para essa dificuldade, com a mais valia da proximidade, cultura de fazer bem e garantir uma produção de 70 a 80% de Jeans Salsa”. Não tendo como objectivo abrir mais unidades produtivas em Portugal, a gerência da IVN salienta que a sua principal aposta é privilegiar a sua cultura, assim como, inovar em termos tecnológicos, nomeadamente na Logística. “Para nós, que já conseguimos impor no mercado Português, a marca Salsa, como sinónimo de qualidade e moda, o desafio mais importante é investir presentemente na Logística, trabalhar numa política Just in Time e neste aspecto a proximidade da unidade industrial que adquirimos é favorável. Queremos apresentar moda ao nosso cliente, ter um conceito de marca, mas com garantia de qualidade e com uma logística única no mundo”. Finalmente, a IVN garantiu-nos que, embora tenha a consciência que é possível produzir mais barato noutros países, nomeadamente Roménia, Paquistão, etc., vai tentar, a todo o custo, continuar a produzir em Portugal. Assim, pretendem contribuir para a manutenção e revitalização da indústria nacional têxtil, investindo em parcerias com outras empresas, criando e mantendo postos de trabalho, como neste caso em que foram mantidos 220 postos de trabalho, contribuindo para o desenvolvimento social e local.