Início Notícias Têxtil

Japão na linha de mira

Há muito que Portugal e Japão mantêm relações diplomáticas bilaterais, mas as pontes entre os negócios dos dois países, nomeadamente na área da indústria têxtil e vestuário, têm vindo a estreitar-se de ano para ano, com as empresas nacionais a voltarem-se cada vez mais para este mercado maduro e vanguardista em termos de moda. Nesta edição da Jitac European Textile Fair, a feira de tecidos dedicada aos produtos europeus, que se realiza em Tóquio de 24 a 26 de março, estão presentes, com o apoio da Associação Selectiva Moda, a Albano Morgado, Gierlings Velpor, Lemar, Ribera, Riopele, Troficolor, Somelos e Tintex. A Ribera é uma das estreantes no certame. «Tóquio é uma prioridade, achamos que pode ser um mercado muito bom para nós», sustenta Francisco Teles de Menezes, administrador da empresa, que nesta primeira abordagem ao mercado irá apresentar as qualidades de topo em rendas e bordados, com fios finos em algodões casados e mercerizados. O objetivo, indica, é fazer uma avaliação do mercado, assim como encontrar um agente ou distribuidor que permita explorar todo o potencial do Japão. Depois de uma primeira participação na Jitac no ano passado, a Albano Morgado está empenhada em continuar a abrir portas no mercado nipónico. «É um mercado para continuar a apostar», afirma o administrador da empresa, Albano José Morgado. Para além dos tecidos laneiros, nos quais é especialista, a empresa de Castanheira de Pêra aposta em tecidos com fibras como o linho e algodão, sempre em produtos de valor acrescentado «As características do mercado adequam-se às caraterísticas do produto da Albano Morgado», acredita. A Lemar, por seu lado, é já uma veterana no Japão, tendo vindo, segundo os responsáveis da empresa, «a progredir significativamente, não só no número de visitantes, mas também na qualidade dos mesmos». A empresa especialista em tecidos com riscas tintas em fio revela a nova coleção para a primavera-verão 2016, onde não faltarão os seus bestsellers, assim como os tecidos Vichy e estampados. No Tokyo International Forum, onde se realiza o certame, estará ainda a Riopele, Troficolor, Gierlings Velpor, Somelos e Tintex, todas elas repetentes.