Início Arquivo

Jeans vindos do frio

Na realidade, não existe um segredo para o sucesso… As pessoas apenas apreciam o facto desta ser uma marca original e ao mesmo tempo acessível», começa por explicar Örjan Andersson e Adam, os fundadores da sueca Cheap Monday, que tem vindo a marcar terreno como uma das grandes marcas de jeans europeias. Tudo começou em 2000 quando, depois de ter trabalhado durante 10 anos numa loja de roupa e ter sido o “missionário” da Lee na Suécia, Örjan Andersson, juntamente com outros dois sócios, iniciou o seu próprio negócio, com uma pequena loja em Estocolmo. O espaço foi baptizado de Weekend e, tal como o nome indicava, só abria aos sábados e domingos. O sucesso foi imediato e, apesar da localização um pouco afastada do centro da cidade, a selecção de artigos diferenciados atraía permanentemente clientes. Mudaram-se, então, para uma loja maior, numa região mais central da cidade. A nova loja, que abria diariamente, foi por isso rebaptizada de Weekday. O foco da loja eram marcas diferenciadas de jeans e peças de segunda-mão com muito estilo e que conseguiam chamar a atenção de uma clientela abastada. Naquela altura, muitos dos jeans vendidos na loja tinham preços bastante elevados, pelo que Örjan sentiu a necessidade de oferecer uma alternativa mais acessível, mas não menos “fashion”. Foi assim que surgiram as primeiras calças da marca Cheap Monday (segunda-feira barata). O primeiro par de calças criado pela insígnia já tinha a marca registrada da mesma: eram justos e com uma lavagem moderna. O stock desapareceu de imediato. Desde então, a Cheap Monday tem crescido de forma significativa e consagrou-se como uma das mais inovadoras marcas de jeans da actualidade. Para além de chamarem à atenção por serem extremamente originais e ainda assim sofisticadas, os modelos da marca sueca são acessíveis devido a duas características fundamentais. Primeiro, porque todas as colecções de jeans são “unwashed”, isto é, a ganga não passa pelas tradicionais fases de lavagem, o que origina grandes economias. Depois, porque no que concerne às t-shirts e outras peças de vestuário, o trabalho de diferenciação é feito manualmente por um grupo de amigos, não existindo assim custos de impressão associados. Para Örjan Andersson esta é uma forma de recuar um pouco no tempo, até ao princípio dos anos 80, em que todas as gangas eram puras e não sofriam nenhuma lavagem». De igual forma, todos os modelos da marca seguem um estilo bastante característico, com cortes extremamente ajustados e cores diversificadas e alegres. A Cheap Monday, ainda pouco conhecida em Portugal, tornou-se numa especialista da criação de jeans slim fit. De tal forma, que são muitas as bandas rock fiéis a este modelo de calças da marca. Aliás, uma das estratégias da Cheap Monday é vestir algumas bandas rock actuais de forma a criar um visual apelativo e “copiável” pelos jovens seguidores dos referidos grupos musicais. Por esse motivo, nos últimos anos, a marca tem vindo a ganhar cada vez mais notoriedade, saltando fronteiras, da Suécia para o resto do Mundo. Os jeans Cheap Monday foram já inclusivamente nomeados como “best jeans design” pela revista Elle.