Início Notícias Retalho

KiK aterra na Península Ibérica

A retalhista alemã de vestuário low cost acaba de abrir a primeira loja em Portugal, no Retail Park dos Carvalhos em Pedroso, e prepara a estreia em solo espanhol. A KiK prossegue, assim, a sua expansão internacional, garantindo presença já em 14 países.

[©KiK]

Foi no passado dia 24 de setembro que a KiK se estreou em Portugal com a abertura da primeira loja no Retail Park dos Carvalhos, em Pedroso, próximo de Vila Nova de Gaia. A marca alemã planeia a abertura de novos pontos de venda não só no Grande Porto, mas ainda em Lisboa e no Algarve.

Também o país vizinho acolherá lojas KiK, com a primeira abertura prevista para 29 de setembro em Sevilha. Em agenda estão mais 15 lojas, sendo o foco a região da Andaluzia e Madrid, sem esquecer o norte e a costa do mar Mediterrâneo, que fazem parte dos planos de expansão da cadeia low cost.

«A KiK é uma empresa na área do retalho em forte crescimento. A expansão para novos mercados faz parte da nossa estratégia de desenvolvimento, com a qual a KiK se tornou, nos últimos anos, uma das principais empresas de retalho da Europa», afirma Fernando Strubing Gomes, diretor-geral para a Península Ibérica. «O nosso objetivo é a KiK em todas as casas. Com as novas lojas em Portugal e Espanha, estamos cada vez mais próximos de alcançar esse objetivo», acrescenta.

[©KiK]
As equipas tiveram já a oportunidade de visitar a sede da KiK em Bönen, na Alemanha. Acolhidas pela direção, receberam as primeiras referências da empresa. No futuro, está previsto um intercâmbio mais regular entre os funcionários da KiK em toda a Europa.

Fundada em 1994, a KiK – que significa Kunde ist König, ou seja, traduzindo, o cliente é rei –comercializa vestuário, artigos para presentes, brinquedos, produtos de beleza, acessórios e têxteis para o lar. Com mais de 29 mil colaboradores e quatro mil lojas em 14 países – Alemanha, Áustria, República Checa, Eslovénia, Hungria, Eslováquia, Croácia, Polónia, Holanda, Itália, Roménia, Bulgária, Espanha e Portugal –, a retalhista gera vendas líquidas anuais de 1,9 milhões de euros.